Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sábado, 24 de maio de 2014

MPF recomenda bloqueio de R$ 200 mil do São João de Sousa



O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF) recomendou o bloquei de R$ 200 mil do dinheiro a ser gasto com os festejos juninos em Sousa (PB). O objetivo é que o recurso seja empregado na conclusão das obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. A recomendação dá o prazo de 48 horas, ou seja, até a próxima terça-feira, para a prefeitura alocar o valor referido.
 
Segundo o procurador da República Renan Paes Felix, a administração municipal alega que não tem dinheiro para concluir as obras da UPA, mas, em contrapartida, obteve a aprovação da Câmara de Vereadores para gastar R$ 700 mil com festejos juninos. “É incompreensível que uma prefeitura tenha R$ 700 mil para gastar com festejos juninos e não tenha o dinheiro para concluir as obras da UPA. Por isso, recomendei o bloqueio de R$ 200 mil”, enfatizou o procurador.
 
Caso a prefeitura não responda até o prazo fixado ou se negue a alocar os R$ 200 mil para as obras da UPA, o MPF vai pedir o bloqueio judicial da verba. A recomendação foi expedida no âmbito de procedimento instaurado, hoje, para investigar a conduta da prefeitura de Sousa (PB).
 
Reunião – Em reunião na manhã desta sexta-feira, 23 de maio, com a Secretaria de Saúde de Sousa e o procurador-geral do município, a prefeitura argumentou que não tem recursos para finalizar as obras da UPA e que seria necessário realizar uma nova auditoria para identificar valores.
 
Apesar de a empresa Canteiro Construção Civil Ltda. ter sido compelida pela Justiça Federal a corrigir pendências na construção da UPA, as obras realizadas não foram satisfatórias e ainda há necessidade de ajustes. 

Ascom

Prefeito do PMDB acerta apoio a Ricardo


O prefeito de Areial, Cícero Pedro Meda de Almeida, é mais um prefeito do PMDB a aderir ao projeto político do governador Ricardo Coutinho (PSB). A composição política foi acertada durante reunião na noite desta sexta-feira entre o prefeito, o vereador Audenis Fires (PMDB), Ricardo Coutinho e o secretário de Articulação e Desenvolvimento dos Municípios, Carlos Antônio.
 
Cícero Pedro afirmou que teve uma reunião muito produtiva e vai junto com seu grupo político acompanhar o projeto do governador Ricardo Coutinho. "Já tínhamos admiração por Ricardo Coutinho pela capacidade do seu governo de investir nos municípios independentemente de posições políticas-partidárias.  É justo que essa parceria continue em benefício de Areial e da Paraíba.
 
Na avaliação do prefeito Cícero Pedro Meda obras estruturantes como a estrada da batatinha, a reconstrução da barragem e adutoras de Camará, que vão acabar com os problemas de água na região, e os investimentos na educação e em programas sociais são compromissos do Estado cumprido com o município. "Esse é o caminho para melhorar a qualidade de vida do nosso povo. Seria um retrocesso finalizar esse projeto que está sendo implantado na Paraíba".   
 
O município de Areial está localizado no Agreste paraibano e possui uma população de 6447 habitantes. O município foi fundado em 10 de dezembro de 1961.  


sexta-feira, 23 de maio de 2014

3ª Copa da Saúde: Atual campeã Maternidade é eliminada nos pênaltis

Time misto São Mamede/Santa Luzia comemorou com foguetório a vitória sobre a Maternidade.

Organizadores da Copa

Raivon, capitão do 6º Núcleo lamentou a falta de entrosamento de sua equipe na derrota para a OAB




Maternidade, usando uniforme vermelho, perdeu nos pênaltis




O sonho do bicampeonato acabou para a equipe da Maternidade Dr. Peregrino Filho, na noite desta sexta-feira no Estádio Municipal José Cavalcanti, onde acontece a 3ª edição da Copa da Saúde de patos e Região. O time empatou com em 2x2 no tempo normal com o combinado dos hospitais de São Mamede e de Santa Luzia. Nas penalidades a Maternidade acabou sendo eliminada por 5x4.

 Participam da 3ª Copa da Saúde de Patos, além da Maternidade e o combinado São Mamede e Santa Luzia, os hospitais: Regional de Patos Dep. Janduhy Carneiro, Infantil Noaldo Leite, 6º Núcleo de Saúde, Samu, Corpo de Bombeiros e OAB.

Os jogos são eliminatórios. Na abertura da Copa, na noite desta sexta-feira 23, o Hospital regional derrotou o Infantil PR 3x1. O Samu avançou para as semifinais vencendo Corpo de Bombeiro por 5x4 nos pênaltis e a OAB venceu o 6º Núcleo por 2x0. Poucos torcedores compareceram ao Estádio para levar seu incentivo aos atletas.

A OAB jogou mais concentrada na partida e fez o placar ainda na primeira etapa, aproveitando o jogo retrancado do 6º Núcleo, que queria fazer o jogo de contra-ataques, tendo em vista que não houve tempo suficiente para treinamento e a equipe estava desentrosada. Só depois que levou os dois gols foi que o time partir desesperadamente na tentativa de reverter o placar. Com alguns atletas fora de forma, e mesmo fazendo algumas alterações, essas não surtiram o efeito desejado.

“A OAB vinha se preparando há alguns dias para a Copa, diferentemente da gente, que formou o time três dias antes da estréia. O condicionamento físico e entrosamento ficaram a desejar, já que não tivemos tempo nenhum para treinar. Mas demonstramos determinação. Nem sempre vencemos. Aliás, nunca vencemos um jogo da Copa”, disse em tom de brincadeira o capitão Raivon.

A Copa da Saúde tem continuidade na manhã deste sábado no José Cavalcanti. Haverá o sorteio dos dois jogos. Quatro equipes disputam as semifinais: Samu, Hospital Regional, OAB e Misto São Mamede/Santa Luzia. Após a final haverá uma confraternização numa granja da cidade, com direito a churrasco.

Marcos Eugênio


Termina capacitação sobre codificação de causa base de óbito em Patos





Marivalda Xavier, de epidemiologia da 6ª GRS patos

Ângela Aquino, gerente de sistemas da SES

Patos-Pb – Profissionais de vigilância epidemiológica de cerca de 30 municípios da 3ª Macrorregião de Saúde, que abrange as áreas de Patos, Piancó e Princesa Isabel, participaram do Curso de Formação em Codificação e Seleção de Causa Básica de Morte no Uso da Cid-10, capacitação iniciada na última segunda-feira 19 e concluída hoje, sexta-feira, uma realização do Governo do Estado, através das Gerências Executivas de Vigilância em Saúde e Operacional de Reposta Rápida.

O encontro ocorreu no Hotel Fazenda e teve como facilitadora a gerente de sistemas da SES, Josefa Ângela Pontes de Aquino. Ela explicou que os 30 municípios foram escolhidos por serem as localidades que apresentam maior índice de óbitos. O curso trabalhou com a Cid 10 – Classificação Internacional de Doenças. A capacitação dos técnicos permite aos municípios mais qualidade na alimentação do Sistema de Informação Sobre Mortalidade (SIM), conhecer melhor, através da codificação, que doenças mais matam em sua localidade, e consequentemente servir de parâmetros para políticas públicas de saúde que contribuam para melhor qualidade de vida para a população.

“É um curso que depende de muitos conhecimentos e precisa que todos tenham uma padronização de como está sendo feita essa codificação”, explicou Ângela, acrescentando que no curso se trabalha com três livros (Classificação Internacional de Doenças) para seguir as regras corretas de preenchimento do SIM.


Os municípios que têm índice baixo de mortalidade, 4 óbitos por ano, não participam do curso, devendo procurar sua gerência de saúde para ao precisar de ajuda. A mesma capacitação acontece durante a próxima semana, em parceria com o Ministério da Saúde, em João Pessoa.

Feira do Empreendedor recebeu mais de 22 mil visitantes



 Evento ofereceu mais de 300 atividades gratuitas durante quatro dias e superou as expectativas dos organizadores, patrocinadores e parceiros

A Feira do Empreendedor da Paraíba 2014 recebeu 22,3 mil visitantes durante quatro dias (15 a 18 de maio), no Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima, em João Pessoa e bateu o recorde do número de visitas e de atividades oferecidas das cinco feiras já realizadas no Estado. O evento ofereceu mais de 300 atividades gratuitas, entre palestras, capacitações, oficinas e apresentações culturais, em uma área de 12 mil metros quadrados, no Centro de Convenções recém-inaugurado. Na praça da alimentação, foram comercializados mais de R$100 mil, pelos sete restaurantes instalados.

A Feira superou as expectativas dos organizadores e visitantes e já é considerada o maior evento de empreendedorismo do Estado. “Esta foi a melhor Feira do Empreendedor já realizada na Paraíba. Estamos na sexta edição no Estado e ficamos muito felizes com os resultados positivos do evento”, disse a gestora da Feira do Empreendedor da Paraíba, Letícia Gadelha.

O superintendente do Sebrae Paraíba, Luiz Alberto Amorim, destacou o desafio de realizar um evento maior que os anteriores e o resultado desse trabalho. “Realizamos uma Feira do Empreendedor bonita, bacana e com muita informação. Mas, mais importante que isso, é a diferença que as capacitações, palestras e informações farão na vida de cada um dos 22 mil visitantes”, disse.

Durante a Feira do Empreendedor também foi realizada a entrega da etapa estadual do Prêmio Prefeito Empreendedor e o Startup Day, que apresentou e premiou as empresas do Estado desse segmento. Dentre os prefeitos, cinco foram premiados em seis categorias distintas: Melhor Projeto (Douglas Lucena Medeiros – Bananeiras); Lei Geral implementada (Zenóbio Toscano – Guarabira); Desburocratização (Douglas Lucena Medeiros – Bananeiras); Compras Governamentais (Celso de Morais Andrade Neto – Itapororoca); Pequenos Negócios no Campo (Ronaldo Ramos de Queiroz – Gurjão); Novos Projetos: Francisca Denise Oliveira – Cajazeiras.

No Startup Day, a grande vencedora foi a Ouw, uma empresa que oferece para as mães uma plataforma para a realização de chá de bebê virtual. A premiada irá participar do evento nacional da Demo Brasil, no início de junho, recebeu um cheque de R$1 mil e participará da Feira do Empreendedor do Ceará, em Fortaleza.

Além da realização do Sebrae, o evento contou ainda com a participação de patrocinadores e parceiros que, durante os quatro dias, estiveram presentes, apresentando aos visitantes seus produtos e serviços. Do espaço “Oportunidades Rurais” ao espaço “Inovação que transforma”, marcas e instituições comprometidas com o desenvolvimento econômico do país e com o empreendedorismo colaboraram para a concretização e sucesso da maior Feira do Empreendedor já realizada na Paraíba.

O Governo do Estado foi um dos grandes patrocinadores do evento, através do Empreender Paraíba, Funad, Emater, Emepa, Empasa e Receita Estadual. Durante o evento, o Empreender Paraíba liberou R$ 1,2 milhão em créditos, beneficiando mais de 400 comerciantes de várias cidades do Estado, e atendeu mais de quatro mil pessoas que participaram de palestras e capacitações em gestão de negócios.

“Foram dias intensos de muito trabalho e relação direta com os empreendedores que passaram pelo estande do programa, na feira”, disse o secretário executivo do Empreender-PB, Eduardo Moraes Filho. 

A Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep) também foi um dos patrocinadores do evento e promoveu atividades. “Superou nossas expectativas do ponto de vista da visitação, realização de palestras, workshops, acredito que todos que de alguma forma participaram tiveram essa avaliação”, opinou a coordenadora de Negócios da Fiep, Rosilda Ferreira. 

A Empresa de Correios e Telégrafos também foi patrocinador da Feira e promoveu ainda palestras e capacitações. “A programação do evento foi muito atrativa e isso nos permitiu ter uma grande participação de visitantes. Conseguimos atingir nosso objetivo de divulgar os produtos e serviços dos Correios”, comentou o consultor comercial dos Correios, Manoel Neto.

O Banco do Nordeste e o Banco do Brasil também patrocinaram a Feira do Empreendedor e estavam com stands, oferecendo suas soluções e produtos para os empresários e potenciais empreendedores. “Tivemos contato com diversos públicos e repassamos informações sobre as linhas de crédito e financiamentos disponíveis na nossa instituição”, apontou Alysson Freitas, gerente de Negócios de Pessoas Jurídica do Banco do Nordeste. “Fizemos o melhor negócio que poderíamos que é a aproximação com o público. Feiras como essa nos permitem orientar clientes e potenciais clientes e mostrar que o Banco do Brasil está ao lado do empreendedor”, revelou o assessor de Pessoas Jurídicas do BB, Silvio Feitosa. 

Oportunidades Rurais

O agronegócio teve espaço de destaque na Feira do Empreendedor da Paraíba. Foram oferecidas mais de 120 atividades para o setor no Espaço “Oportunidades Rurais”, que ocupou uma área de 1,5 mil metros quadrados. Durante quadro dias foram promovidas clínicas tecnológicas, palestras, consultorias, exposições, agrotecnologias, além da comercialização de produtos.

“Apresentamos soluções adequadas para quem tem desde uma pequena propriedade, até uma grande extensão de terra. O evento foi muito produtivo, pois teve grande participação de empreendedores nas clínicas tecnológicas, que também conhecerão 20 ideias de negócios rurais em diversas áreas, como apicultura, caprinocultura, piscicultura, floricultura, avicultura, laticínios, aquaponia, hidroponia, dentre outros”, comemorou o gerente da Unidade de Agronegócio e Desenvolvimento Territorial do Sebrae Paraíba, Franco Fred Correia.

Logo na entrada do espaço, os visitantes puderam assistir a simulações de atividades rurais, mostrando os nove projetos do Sebrae Paraíba para o setor. Em uma enorme tela, projeções exibiam as oportunidades rurais mapeadas pelo Sebrae. O espaço também contou com stands e a parceria do Banco do Brasil, da Embrapa e do Governo do Estado, através da Emater, Empasa e Emepa, da Faepa/Senar.

Orientação empresarial

Para atender a extensa demanda de empresários e potenciais empreendedores, foram montados 24 postos de atendimento, no Espaço Orientação Empresarial. Destes 24 postos, 21 eram de atendimento, quantos os outros três eram para o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), o INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) e a Ouvidoria Sebrae. De acordo com o analista técnico do Sebrae, Alexsandro Teixeira, as principais dúvidas das pessoas atendidas eram com relação a oportunidades de negócio, como melhorar a empresa, como se formalizar, além dos microempreendedores individuais (MEI) que buscaram informações sobre impostos e obrigações.

“Os potenciais empreendedores, aqueles que tinham uma ideia na cabeça, mas não sabiam como implementar, encaminhamos para fazer o plano de negócios e o atendimento do Canvas, que disponibilizamos na Feira do Empreendedor”, explicou Alexsandro. Para orientar os empresários e potenciais empreendedores foi criado um game sobre empreendedorismo, que testava, durante o evento, os conhecimentos do jogador.

Bons negócios

Sete empreendimentos de alimentação participaram da Feira do Empreendedor, expondo e vendendo seus produtos. Na Praça da Alimentação, mais de R$100 mil em produtos foram comercializados, entre os dias 15 e 18 de maio. De acordo com a analista técnica do Sebrae e coordenadora do espaço, Germana Espínola, alguns empreendedores vieram por demandas espontâneas e outros por convites. “O diferencial para expor na Praça era ter um produto que gerasse negócios, antes de vender para público da Feira”, disse.

Segundo o proprietário da Mais Nattural, Johnny Carlos Alves, o estabelecimento dele vendeu cerca de R$ 23 mil nos quatro dias. “Foi muito bom participar da Feira. Fizemos contato com um consultor do Sebrae, que quer transformar nossa marca em franquia”, disse. O restaurante tem apenas dois anos e meio e oferece alimentos naturais com preços acessíveis.

Além dos empreendimentos de alimentação, mais 64 empresas expuseram seus negócios em stands e mostraram diversificadas opções para os pequenos negócios. De máquina de fazer salgadinhos até soluções inovadoras para educação, não faltaram segmentos interessantes para quem deseja investir em novas empresas ou aperfeiçoar e criar diferenciais no negócio que já existe.

A rede de lanchonetes Tartaruga Burguer e o Mister Espetos, ambas de João Pessoa, por exemplo, iniciaram negociações com a empresa paulista Supereficiente, que oferece produtos e tecnologia para acessibilidade. O principal produto da empresa é a impressão em braille, usada para criar panfletos, cartões de visita, cardápio de restaurante ou qualquer outro material impresso. “Vendemos os produtos, mas também a matéria prima e as máquinas para quem quer desenvolver na sua região”, explicou o proprietário da Supereficiente, Nelson Júnior.

Assessoria
Fotos:Marcos Eugênio

Democratas confirmam coligação com PSB e liberam dissidentes

Com quinze votos a favor, quatro contra (dos deputados Domiciano Cabral e Quintans, além do vereador Bosquinho) e duas abstenções (Ademir Morais e Lindolfo Pires), o Democratas deliberou, na manhã de hoje, aprovar a coligação com o Partido Socialista Brasileiro (PSB), do governador Ricardo Coutinho, para as eleições estaduais em 2014.
 
O vereador Lucas de Brito, de João Pessoa, reclamou de não ter tido o direito de votar. Ele lembrou que, dos 11 (onze) membros inicialmente indicados para decidir os rumos nas próximas eleições, apenas ele não pode participar da votação, por não compor a Executiva Estadual, órgão integrado por outros 25 (vinte e cinco) membros. “Foi-me assegurado, como a qualquer outro filiado, o direito à voz na reunião de hoje, mas a Comissão dos 11 alimentara em mim a legítima expectativa de que eu participaria, também votando, das deliberações do DEM. Fui o único excluído”, desabafou.
 
Na reunião a portas fechadas, também foi rejeitada a proposta de adiar a deliberação para uma data mais próxima das convenções, enquanto a Executiva Nacional do DEM não publica resolução estabelecendo as diretrizes programáticas prioritárias para as coligações. Por outro lado, foi assegurado o direito de legenda e de uso do guia eleitoral aos candidatos dissidentes da orientação partidária no Estado da Paraíba. O presidente da legenda, Efraim Morais, é cotado para ser o candidato a vice na chapa do PSB.

parlamentopb

Alunos do ProJovem Trabalhador participam de exposição em Patos



Alunos do ProJovem Trabalhador, do curso de joalheria, participaram na noite desta quinta-feira, 22 de maio, de uma exposição de artes no Centro de Cultura Amaury de Carvalho em Patos. Além de expor os produtos produzidos durante o curso, as peças estão sendo vendidas pelos alunos, durante toda a semana. As alunas participaram ainda de um desfile de moda onde puderam apresentar aos convidados, peças e roupas customizadas por elas.

Para a Coordenadora do ProJovem Trabalhador, Sônia Medeiros, a exposição das peças está sendo uma excelente oportunidade para esses jovens. “Além da exposição das peças confeccionadas por eles, os alunos estão vendendo a um preço social e o lucro será revertido para aquisição de novas peças, para que eles possam iniciar seus trabalhos em casa, junto ao kit de inserção”, disse.

Adriana Medeiros, aluna do curso de joalheria, falou sobre a importância do curso e que já traça objetivos para seu futuro. “O curso trouxe inovação e agora estamos aprendendo a trabalhar e montar até o próprio negócio. É um objetivo muito bom para a vida da gente”, disse a aluna entusiasmada.

Além da exposição dos alunos, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Patos promoveu nesta noite, olançamento da coletânea de histórias em quadrinhos do escritor, Aurério Filho e de um livro de literatura de cordel do autor, José Neudo.

Palloma Pires

Sociedade realiza abaixo-assinado para volta de nome de rua



Diversas entidades civis, igrejas, clubes de serviços, a exemplo da Loja Maçônica, Giaasp, Instituto Histórico, OAB de Patos, estão envolvidos numa ação de abaixo–assinado, primeiro projeto de iniciativa popular ocorrido na cidade, que pretende a volta do nome de Vidal de Negreiros, à rua hoje denominada João Bosco Araújo.

O movimento é liderado pelo contador Oscar Leandro, que é morador da referida rua há 60 anos e Dalva Marques, que mora na localidade há 30 anos. Eles não ficaram nada satisfeitos com o projeto de autoria do vereador Ivanes Lacerda, alterando o nome do logradouro de Vidal de Negreiros para João Bosco Araújo, homenagem póstuma ao comerciante, dono da Livraria Dom Bosco, projeto sancionado em novembro do ano passado.

O presidente do Giaasp – Grupo de Ação e Análise Sócio-Política de Patos, Luciano Dias, disse que são necessárias 4 mil assinaturas para a volta do nome Vidal de Negreiros. Explicou que há muitas ruas projetas na cidade para homenagear João Bosco, e que não seria demérito nenhum para sua memória. Lembrou inclusive que há outros lugares que o homenageiam, a exemplo do auditório da Associação Comercial, uma UPA.


Para assinar o documento basta o interessado portar o título de eleitor.

Acontece em Patos abertura do curso de especialização em Gestec




Aconteceu na manhã desta sexta-feira 23 no auditório da Funes – Fundação Ernani Sátyro, a abertura do Curso de Especialização de pós-graduação em Gestec – Gestão de Tecnologia Aplicada à Educação, tendo como público alvo policiais militares, civis e do Corpo de Bombeiro.

O curso terá aulas presenciais e a longa distância, sendo ministradas por professores universitários e oficiais. Em Patos 31 pessoas receberão a qualificação, que terá duração de sete meses.

O objetivo do curso Latu sensu é proporcionar técnicas pedagógicas aos profissionais do sistema de segurança pública e Defesa Social do Brasil e integrantes das instituições conveniadas para o exercício das funções de gestor e facilitadores do processo de ensino, aprendizagem.


Prazo para se inscrever no Enem 2014 termina às 23h59 desta sexta


Quem quiser participar da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem até esta sexta-feira (23) para acessar o sistema. O prazo será encerrado às 23h59 desta sexta e não será prorrogado, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). As inscrições devem ser feitas no site oficial do exame.
Após o prazo, os candidatos que não têm isenção na taxa de inscrição terão até a próxima quarta-feira (28) para pagar no banco o boleto. A taxa de inscrição custa R$ 35. Ficam isentos da cobrança todos os alunos de escola pública ou que comprovarem renda familiar mensal inferior a R$ 1.086.
Na quinta-feira (22), o Enem superou a marca dos 7 milhões de inscritos. Às 16h20 da quinta, o sistema registrava 7.018.753 de candidatos. As provas serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro.
São Paulo era o estado com o maior número de inscritos no Enem 2014: até as 16h20 desta sexta, 1.085.438 inscrições tinham sido feitas por paulistas. As mulheres continuam sendo maioria: 4.115.318 delas já se inscreveram, contra 2.903.435 homens.
O Enem deverá ser usado pelas 115 universidades federais para o acesso a cursos de graduação. Os candidatos podem tirar dúvidas sobre a inscrição em um passo a passo da inscrição no siteenem.inep.gov.br.
A expectativa é que até 8,2 milhões de estudantes se inscrevam este ano –em 2013, o número total foi de 7,1 milhões de candidatos, e mais de 5 milhões fizeram os dois dias de prova.
Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, entre as 13h e as 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nesse dia, o tempo de exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).
Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de prova.
Transexuais podem usar nome social

Candidatos travestis ou transexuais poderão usar o nome social para prestar o Enem. Para isso, precisarão fazer a solicitação ao Inep, por telefone, durante o prazo de inscrição.

Segundo o site, "o participante travesti ou transexual que desejar ser identificado por nome social nos dias e locais de realização do exame deve fazer essa solicitação pelo telefone 0800 616161, até o final do período de inscrição". O edital do Enem 2014, no entanto, não faz nenhuma referência ao uso do nome social pelos  candidatos.
Detectores de metal

Na última quinta-feira (8), o MEC anunciou que nesta edição serão aperfeiçoados os procedimentos de segurança contra fraude na aplicação das provas. Os fiscais poderão, inclusive, usar detectores de metais portáteis para comprovar que candidatos não estão usando equipamentos eletrônicos durante a realização do exame.

O detector poderá ser utilizado em qualquer estudante inscrito, a não ser que a pessoa apresente uma justificativa para que não possa passar por esse tipo de monitoramento. O aparelho também poderá comprovar o uso indevido de celulares para postar fotos do Enem nas redes sociais – infração que acabou eliminando dezenas de jovens nas últimas duas edições.
Segundo o MEC, este ano o edital foi traduzido para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), e o site do Enem terá uma versão do edital incorporada a um sistema de computação acessível a cegos, chamado Dosvox.
Sabatistas

Este ano, os alunos sabatistas (que guardam o sábado por motivos religiosos) poderão fazer a prova de 8 de novembro às 19h (horário de Brasília) desse dia, exceto nos estados do Acre, Amazonas, de Roraima e Rondônia. Nesses quatro estados, os candidatos sabatistas poderão realizar o primeiro dia de provas às 19h de sua hora local, em função do horário de verão.

Correção da redação

Segundo o ministro da Educação, Henrique Paim, os atuais filtros de correção da redação do Enem serão mantidos e ampliados. De acordo com ele, o MEC tem investido no aprimoramento dos itens de correção e na capacitação dos corretores. O presidente do Inep, Francisco Soares, também disse a jornalistas na quinta-feira que cada prova será avaliada por dois corretores.

"Se as notas dadas por cada corretor tiverem diferença de 100 pontos, um terceiro corretor irá avaliar a redação. Cada um avalia cinco quesitos. No caso de diferença de 80 pontos em cada quesito, também será chamado um terceiro avaliador", explicou Soares.
"Estamos com um grande processo de monitoramento e capacitação constante. Quando a redação é enviada ao corretor, assim como todo o sistema de acompanhamento, a redação é acompanhada de várias maneiras. A cada ano, acrescentamos detalhes, dada a experiência. Existirão novos filtros e sinalizações, e isso é um processo contínuo", afirmou o presidente do Inep.
Combatendo a abstenção

Segundo informou o MEC na quinta, os candidatos que não compareceram às provas do ano passado e se inscreverem novamente em 2014 receberão uma mensagem do governo alertando sobre o problema de faltar ao Enem mais uma vez.

De acordo com os dados levantados pelo governo, a maioria dos ausentes no exame são pessoas que não precisam pagar a taxa de inscrição – como treineiros, que ainda não terminaram o ensino médio, e adultos que já acabaram o ensino médio e trabalham.
Em 2013, o governo estima que cerca de 30% dos candidatos inscritos no Enem não chegaram a fazer os dois dias de prova. O prejuízo com os ausentes, no ano passado, foi de R$ 58 milhões, segundo o MEC.

G1

Servidores da Saúde participam de mini cursos voltados para melhor assistência aos usuários


Hélio Barbosa


Profissionais de saúde dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF I e VI), realizaram nesta quinta-feira (22), dois mini cursos voltados para auxiliares de serviços gerais e recepcionistas que trabalham nas unidades de saúde da família dos referidos NASF.

Os palestrantes foram o farmacêutico Rodrigo Jefferson Leite (NASF II), a assistente social Mary Sandra Silva (NASF II), a farmacêutica Luana Leitão (NASF VI) e assistente social Kelma Macedo (NASF VI).

No turno da manhã, os participantes tiveram um momento direcionado para as relações interpessoais e acolhimento junto aos usuários que procuram atendimento nas unidades do município. Já no turno da tarde, o tema abordado foi da bio segurança, colocando em pauta melhores condições de trabalho para os servidores.

De acordo com o farmacêutico Rodrigo Jefferson Leite, a intenção dos mini cursos foi abrir espaço para discutir melhores condições de trabalho e uma melhor prestação de serviço junto às comunidades, sendo que os participantes também puderam colocar suas realidades para que fossem debatidas em consonância com o que se pretende.

Luana Leitão, farmacêutica do NASF VI, informou que o foco do trabalho é também melhorar o acolhimento e proporcionar uma assistência ainda mais humanizada aos usuários do SUS.

A recepcionista da USF Doraci Brito (NASF VI), Aniele Firmino Soares, disse que os mini cursos são importantes para capacitar ainda mais o trabalho dos funcionários, já que isso reflete diretamente no serviço que é prestado às comunidades.

A auxiliar de serviço da USF Doraci Brito (NASF VI), Damiana Martins, relatou que os servidores só têm a crescer em relação a esse tipo de capacitação, pois poderão prestar um serviço mais qualificado.

Auto Esporte vence por 1 a 0 e complica situação do Treze no Campeonato Paraibano


Em um jogo equilibrado, o Auto Esporte venceu por 1 a 0, o treze de Campina Grande, na noite desta quinta-feira (22), no Estádio da Graça, no bairro Cruz das Armas, em João Pessoa. Com o resultado, o Galo fica praticamente fora do segundo turno do Campeonato Paraibano de 2014.
O Alvinegro de Campina Grande começou melhor logo no início do primeiro tempo. Mas, aos 19 minutos, Léo Lima fez o gol para o Auto Esporte levantado a torcida na Graça. Após balançar a rede, o Auto cresceu no jogo e segurou o placar até o fim da partida.
Foram várias as tentativas de finalizações, mas o time não conseguia acertar o gol. Em duas boas oportunidades no primeiro tempo Fabinho Cambalhota quase marcou, mas o goleiro defendeu o chute rasteiro. Depois Esquerdinha conseguiu tirar a bola do goleiro, mas a bola passou tirando tinta da trave, no cantinho.
No decorrer da segunda etapa o Treze teve boas chances. Primeiro, Jonatas Belusso recebeu cara a cara com goleiro, mas o bandeirinha marcou impedimento. Depois, numa cobrança de falta, Fabinho Cambalhota partiu de trás de dois marcadores e fez um gol, mas o bandeirinha acusou impedimento, anulando o gol do Galo.
Agora o Treze tem mais três jogos pelo Campeonato Paraibano e ainda tem chances de se classificar, porém dependerá do resultado de outros jogos. O Auto Esporte, que já estava classificado para a fase semifinal, teve a preocupação de ter que vencer. O time do povo defendeu uma invencibilidade de oito partidas. 

Ao vencer o Treze, o Auto Esporte chegará no final do segundo turno pronto para encarar o adversário da semifinal com condições de brigar pela classificação para a fase final, que vai apontar o campeão estadual e os dois paraibanos que irão disputar a Copa do Brasil e Campeonato do Nordeste em 2015.
Ficha Técnica: Auto Esporte 1x0 Treze
Campeonato Paraibano -2ª Fase – 5ª Rodada
Local: Estádio da Graça, em João Pessoa-PB
Data: 22.05.2014, quinta.
Hora: 20h30
Árbitro: Roberto Lima -JP
Assistentes: Griselildo Junior – JP e Dguerro Xavier - JP
Público: 389 (299 pagantes e 90 não pagantes)
Renda: R$ 4, 100,00
Cartão Amarelo:
Auto Esporte: nenhum
Treze: Jonatas Belusso, Fabinho Cambalhota e Negretti
Cartão Vermelho:
Auto Esporte: nenhum
Treze: nenhum
Gols:
Auto Esporte: Léo Lima (41’\ 1º T)
Treze: não marcou

portalcorreio


Edvaldo rebate Ruy e diz que com Cássio homicídios aumentaram 100%


O presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, reagiu  com números aos ataques feitos ao Governo Ricardo Coutinho pelo deputado Ruy Carneiro. Para o presidente, o deputado cassista finge não saber nada sobre estatísticas da violência, "pois foi no governo de Cássio que a segurança foi desmontada e os números são terríveis, saímos de 600 para 1.200 homicídios/ano, ou seja, 100% de aumento na questão mais grave que é a perda de vidas".
 
Edvaldo Rosas disse ainda o governo Cunha Lima foi de confrontos permanentes com a tropa. Todos os indicadores de crescimento da violência no governo Cássio são disponíveis, segundo Rosas: "são números oficiais que vão desmascarar toda a demagogia de quem não fez a Política de segurança correta e agora age com oportunismo político".
 
Ao finalizar, o presidente do PSB foi enfático: "Ruy, além de não ter destinado nenhum centavo de suas emendas para a segurança pública, presta um desserviço a Cássio, porque inventou de comparar e aí não há dúvida, em qualquer área que se fizer comparação, Ricardo fez mais pela Paraíba em 3 anos, do que Cássio no dobro de tempo", concluiu.  

parlamentopb

STF garante permanência de Polyana na prefeitura de Pombal



Por unanimidade de votos, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deu provimento ao Recurso Extraordinário (RE) 758461 e reformou acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que havia indeferido o registro de candidatura de Yasnaia Polyanna Werton Dutra, por considerar que a disputa à reeleição em 2012 configuraria o terceiro mandato consecutivo do mesmo grupo familiar, caso fosse eleita. Yasnaia Polyanna foi eleita para o segundo mandato, disputando o pleito sub judice, e se encontra no exercício do cargo em razão de medida liminar deferida pelo STF.
 
A matéria teve repercussão geral reconhecida pelo Supremo, o que significa que o entendimento fixando pelo Plenário no caso deve ser aplicado a todos os processos que tratem sobre o mesmo tema.
 
Polyanna era casada com o prefeito Jairo Feitosa, falecido num acidente automobilístico em setembro de 2007, no curso do mandato. O vice de Feitosa assumiu o cargo. Nas eleições de 2008, Yasnaia Polyanna concorreu à prefeitura e ganhou a eleição, derrotando o grupo político do qual seu marido fazia parte e que tinha o então vice-prefeito como principal candidato.
 
Ao lançar-se candidata à reeleição em 2012, seu registro de candidatura foi negado pela Justiça Eleitoral da Paraíba, e também pelo TSE, sob o fundamento de que estaria configurada a hipótese de inelegibilidade prevista no artigo 14, parágrafos 5º e 7º, da Constituição Federal.
 
Nas sustentações orais feitas esta tarde no STF, o advogado da prefeita alegou que ela se casou novamente, teve dois filhos, e não poderia ser punida duplamente: pela morte de seu marido em 2007 e pelo indeferimento de seu registro de candidatura depois de um ano e meio no exercício do cargo.
 
Já para o advogado da coligação "Unidos para o bem de Pombal", a Súmula Vinculante (SV) 18 do STF é bem clara e não comportaria interpretação, pouco importando a causa da dissolução do vínculo conjugal, já que a finalidade da norma foi evitar a perpetuação da mesma família no poder. A SV 18 dispõe que “a dissolução da sociedade ou do vínculo conjugal, no curso do mandato, não afasta a inelegibilidade prevista no parágrafo 7º do artigo 14 da Constituição Federal”.
 
Relator do recurso, o ministro Teori Zavascki ressaltou que a edição da SV 18 teve como objetivo coibir a utilização de separação e divórcio fraudulentos como forma de burlar a inelegibilidade prevista no dispositivo constitucional. No caso em questão, a sociedade conjugal foi desfeita em razão de evento alheio à vontade das partes. “A morte, além de fazer desaparecer o grupo político familiar, impede que os aspirantes ao poder se beneficiem de eventuais benesses que o titular lhes poderia proporcionar”, afirmou.
 
Segundo o ministro Teori, sendo o parágrafo 7º do artigo 14 da Constituição Federal norma que impõe restrição de direitos, sobretudo de direito concernente à cidadania, sua interpretação deve ser restritiva, não comportando ampliação.
 
Além disso, segundo o relator, o caso em questão contém uma série de circunstâncias que não podem ser desprezadas: o falecimento ocorreu mais de um ano antes do pleito (dentro do prazo de desincompatibilização do ex-prefeito); Yasnaia Polyanna concorreu contra o grupo político do ex-marido e se casou novamente durante seu primeiro mandato, constituindo, com o advento das núpcias e do nascimento dos filhos, nova instituição familiar.
 
“Raciocínio contrário representaria a perenização dos efeitos jurídicos de antigo casamento, desfeito pelo falecimento, para restringir direito constitucional de concorrer à eleição”, concluiu o ministro Teori Zavascki. Seu voto foi seguido por todos os ministros da Corte.
 
 
Agência STF

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Sessão relâmpago da Câmara termina no protesto de vendedores ambulantes




A sessão da Câmara Municipal de Patos Casa Juvenal Lúcio de Sousa, desta quinta-feira 22, não durou quinze minutos, mas em compensação o público presente, composto basicamente de comerciantes ambulantes, elevou o termômetro com muito barulho, protestando pelas normas que estão sendo obrigadas a cumprirem na comercialização de bebidas durante o São João deste ano. A PM foi acionada pela Casa para garantir a ordem.

Como a festa foi privatizada, ficando sob responsabilidade da empresa Área Badalada, os comerciantes estão na obrigação de seguir uma série de normas, para os quais haverá prejuízos, segundo bravejaram para os vereadores, pedindo a solidariedade destes à sua causa. Uma das cláusulas contratuais afirma que os vendedores ficam obrigados a vender para as empresas de bebidas, que compraram cotas dos patrocínios. Irão receber 15% do valor dos produtos vendidos. Antes tinham um lucro de quase 100% quando diminuíam do que fora investido.

Para vender na área do Terreiro do Forró ninguém poderá ter restrições junto aos órgãos de proteção ao crédito, SPC e Serasa. Ninguém poderá entrar com bebida, que será fornecida diretamente pela patrocinadora do evento. A Prefeitura de Patos poderá gastar R$ 197 mil com a parte cultural, segundo seu setor jurídico e da Câmara Municipal, como está previsto no orçamento deste ano.

Para o vereador Diogo Medeiros, a área Badalada quer, como está previsto no contrato, que os ambulantes trabalhem como garçons para as empresas de bebidas, as quais pagarão a eles 15% do que for comercializado. “Seria interessante que, mesmo que as bebidas fossem compradas à Área Badalada, os vendedores ambulantes não fossem submetidos a receber esse percentual. Apontei aqui na Câmara que o melhor seria os vendedores procurarem a prefeita Francisca Motta para que ela possa rever esse contrato com a Área Badalada, empresa de eventos que está dificultando o São João para com os barraqueiros de Patos”, enfatizou.

Uma das queixas de parte dos vereadores é com a não apresentação de contas do São João do ano passado pela Prefeitura, como havia se comprometido a prefeita Francisca Motta de enviar os dados logo que passasse o evento junino. Inácio de Gelo, Sales Junior, e o próprio Diogo voltaram a cobrar isso, haja vista que o Município terá R$ 197 mil para investir novamente no São João, agora totalmente privatizado.

Sobre isso o líder do governo, Maurício Alves, explicou que essa prestação de contas já foi feita ao TCE e já consta no portal Sagres - Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade, mas que levará os relatórios à Câmara. O vereador Sales Junior orientou os ambulantes e ir à procura da prefeita, das empresas, do Ministério Público em busca de seus direitos.

O vereador Maurício Alves justificou a revolta dos ambulantes que foram protestar esta noite na Câmara dizendo se tratar de um ato normal, democrático e que reclamações sempre acontecem no São João de Patos,  e que são pessoas que não trabalharam no ano passado e querem forçar para que ganhem espaço.  Falou que acredita em mais  reuniões para se resolver tudo.

“A empresa garantiu que nenhum comerciante terá despesas com taxas de inscrição, bombeiros, instalação de energia, com gelo, tudo será pago pela Área Badalada”, disse Maurício.



Arquivo do blog