Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sexta-feira, 29 de março de 2013

ESPORTE DE PATOS TENTA MAIS UMA VITÓRIA NO CAMPEONATO SUB 21



O Esporte Clube de Patos, categoria Sub 21, joga sua terceira partida pelo campeonato da cidade, promovido pela Liga Patoense, na manhã deste domingo (31/03) a partir das 8h30, no campo do Campestre Clube, Patos PB.
 
Após duas vitórias seguidas, 2 x 1 na estreia contra o Estrela e 4 x 1, no último final de semana, contra o Desterro, os garotos do "Patinho" tentam mais uma vitória, neste domingo, quando enfrentarão a equipe do Técnico Naldinho.
 
Para este jogo o Técnico Toinho, do Esporte, deverá manter a base dos dois jogos anteriores, escalando o goleiro Geilson, João, Henrique, Allan e Leléo, Tiago, Jhony, Josimar e Peba, Hiago e Tiago. 
 
De acordo com o treinador alvirrubro, a equipe foi muito bem nas partidas anteriores, destacando o bom desempenho de atletas com alguma experiência junto ao profissional e de uma meninada, que ainda tem idade para o sub 17. "Nesta faixa etária, temos contado com diversos jovens que vêm treinando e nos ajudando a compor um bom elenco para buscar o Bi desta competição" destacou o Técnico Toinho.
 
A Diretoria do Esporte de Patos aproveita para convoca seus torcedores a irem ao Campestre, neste domingo, para acompanharem de perto o trabalho desenvolvido em nossa Base, e também, incentivar a garotada para conseguir mais uma vitória no Campeonato Sub 21, do qual o Patinho é o atual Campeão.

Edileudo Lucena (jornalista)

Chip controla apetite


Cientistas britânicos apresentaram em Londres um microchip 'inteligente' desenvolvido para ser implantado no corpo humano com o objetivo de controlar o apetite e combater a obesidade.
Após testes satisfatórios nos laboratórios do Imperial College, os professores Chris Toumazou e Stephen Bloom anunciaram que os testes em animais estão prestes a começar. Testes em humanos são esperados em três anos.
O chip foi desenhado para ser implantado junto ao nervo vago (pneumogástrico), que regula o apetite e outras funções do organismos.
O circuito consiste em um 'modulador inteligente' de poucos milímetros, implantado na cavidade peritoneal do abdome (na barriga). Ele será preso ao nervo vago por meio de eletrodos.
O chip e os eletrodos foram desenvolvidos para ler e processar estímulos elétricos e químicos do nervo que regulam o apetite.
Com base nos dados coletados, o chip poderá enviar estímulos elétricos ao cérebro, reduzindo o apetite.
'Será um controle do apetite, mais do que dizer: 'pare de comer de uma vez'. Então, talvez em ver de comer rápido, você coma mais devagar', explicou o professor Toumazou, em entrevista à BBC.
'Uma vez que o cérebro fica em alerta, ele receberá sinais similares àqueles recebidos do organismo após uma refeição, e esses sinais dizem para não comer mais, que os intestinos estão cheio de comida', explicou.
Segundo o professor Toumazou, o chip pode se tornar uma alternativa à cirurgia de redução do estômago, já que a nova técnica poderá controlar o apetite.
O fato de também identificar impulsos químicos deve tornar o chip mais efetivo, indicam os cientistas.
O projeto recebeu 7 milhões de euros do Conselho de Pesquisa Europeu.
Nervo vago
O nervo vago regula uma série de funções no organismo, como controlar a respiração, o ritmo cardíaco, a secreção de ácidos no sistema digestivo e a contração do intestino.
O nervo também indica ao cérebro como outros sistemas do organismo estão operando.
A equipe do Imperial College de Londres, no entanto, não é a única a pesquisar o tema.
A empresa de tecnologia médica EnteroMédics, dos Estados Unidos, criou um circuito que bloqueia o nervo para interromper estímulos de apetite.
Resultados dos primeiros testes do chip americano, que envolveram 239 pacientes, mostraram perda de até 20% do excesso de peso no corpo. A empresa, no entanto, disse que os resultados não foram tão bons quanto os esperados.
Outra empresa americana, a IntraPace, também desenvolveu técnica similar.

G1

Nacional, saco de pancada, perde mais uma no Paraibano


O Campinense finalmente se recuperou da goleada sofrida no último final de semana diante do rival Treze e conseguiu vencer o Nacional por 3 a 0 na noite desta quinta-feira (28), no Estádio Amigão, em Campina Grande. Os gols da partida foram marcados por Dedé, Glaybson e Ricardo Maranhão.

O jogo desta quinta foi válido pela segunda rodada do 2º turno do Campeonato Paraibano 2013, que havia sido adiado por causa dos jogos da Raposa na Copa do Nordeste.

O primeiro gol aconteceu aos dois minutos do primeiroi tempo, após um belo passe de Jeferson Maranhense de calcanhar para Dedé, que entrou livre na área e só deslocou o goleiro do Naça.

Depois, Glaybson ampliou o placar aos 10 minutos do primeiro tempo e Ricardo Maranhão fez o terceiro gol aos 17 minutos do segundo tempo. 


portalcorreio

Superintendente do Incra assina ordem de serviço para recuperação de açude




A superintendência Regional do Incra na Paraíba autorizou o início das obras de recuperação do açude Caibeira, no assentamento da reforma agrária Tubarão, no município de São José do Bom Fim, no Sertão paraibano, a 315 quilômetros de João Pessoa. As obras estão avaliadas em R$ 160 mil e estão previstas para terminar dentro de seis meses.
 
A solenidade de assinatura da ordem de serviço foi realizada no assentamento pelo superintendente regional do Incra-PB, Cleofas Caju, com a presença de assentados, do secretário de agricultura do município de São José do Bom Fim, Naldinho Guedes, do gerente de desenvolvimento do Banco do Nordeste, Genival Júnior, e do ex-superintendente do Incra-PB, Lenildo Morais.
 
O projeto e a licitação da obra foram feitos na gestão do ex-superintendente do Incra, Lenildo Morais, e o atual gestor deu prosseguimento. Lenildo elogiou a direção do Incra pela agilidade em relação à construção do açude que irá minimizar os efeitos da seca, já que as 80 famílias de assentados irão ter água para consumo, para a irrigação da horta e para a melhoria na criação de animais caprinos, ovinos, bovinos e aves. “A água do açude irá desenvolver ainda a flora local, possibilitando aos assentados trabalhar com apicultura no assentamento, que pode ser uma boa fonte de renda”, disse o ex-superintendente do Incra.
 
O representante do Banco do Nordeste parabenizou o Incra pela iniciativa que, segundo ele, irá possibilitar o desenvolvimento do assentamento, inclusive com possibilidade de abertura de créditos para as famílias que quiserem investir.
 
Segundo o superintendente do Incra-PB, Cleofas Caju, a construção do açude é a concretização de uma reivindicação antiga dos assentados. “Esse é apenas um dos exemplos de obras que o Incra está realizando para melhorar o abastecimento de água nos assentamentos”, disse Caju.

Municípios já podem aderir ao Pacto Social 2013


O Governo do Estado publicou na edição do Diário Oficial, da última quarta-feira (27), o edital do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba – Contrapartida Solidária 2013. Assinada pelo governador Ricardo Coutinho, a chamada pública aos municípios tem o objetivo de formalizar parcerias com o Estado. Os recursos disponibilizados por meio do Pacto Social são na ordem de R$ 100 milhões.
A partir deste ano, o Pacto Social descentraliza recursos públicos em favor dos municípios e discute investimentos nas áreas de educação, saúde, desenvolvimento humano, infraestrutura, desenvolvimento regional e social sustentável, com contrapartida solidária.
O secretário do Desenvolvimento e Articulação Municipal (Sedam), Manoel Ludgério, explica que os municípios interessados em participar do Pacto deverão fazer contato com a secretaria para cadastrar um representante.
Os prefeitos deverão descrever, justificar e prever o valor do investimento de cada uma das demandas apresentadas. A Sedam vai manter o serviço de apoio aos municípios com o objetivo de auxiliar na apresentação, no ambiente do SGI-Pacto, das demandas prioritárias.
Manoel Ludgério acrescenta que o Governo do Estado, por meio da Comissão de Avaliação e Acompanhamento e das secretarias concedentes, definirá de forma pactuada quais demandas serão convertidas em projetos a serem conveniados, definindo inclusive a fonte de recurso, a unidade concedente e as ações de contrapartida solidária.
Os municípios que assinarem a adesão ao Pacto poderão apresentar demandas passíveis de pactuação, para, dentre outros benefícios, construção, reforma, ampliação ou conclusão de escolas; reforma e ampliação de hospitais; aquisição de veículos novos nas áreas de saúde, educação e assistência social; aquisição de equipamentos e materiais permanentes para escolas; equipamentos médico-hospitalar; informatização de unidades de saúde; e materiais didáticos e pedagógicos para viabilizar o ensino aprendizagem.
Nas demandas, os municípios também podem inscrever projetos de construção e/ou modernização de abatedouros; perfuração e instalação de poços visando o abastecimento público; aquisição de equipamentos para poços; construção de centros públicos de produção comunitária (pequenas usinas de beneficiamento de leite, casas de farinha, queijeiras, tecelagens, fornos para produção de peças de cerâmica; construção ou recuperação de acessos a sítios de interesse turístico cultural, dentre outros).
O edital do Pacto Social 2013 contempla também ações possíveis de serem pactuadas como contrapartida solidária dos municípios, a exemplo da criação do Conselho Municipal de Educação; Conselho Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil; Conselho Escolar; Conselho da Mulher; Conselho Municipal da Pessoa Idosa; e Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência.
Constam ainda as possíveis ações: aumento do número de matrículas na educação infantil e ensino fundamental; redução do índice de mortalidade infantil; redução do índice de morte materna; apoio à produção do artesanato; apoio à criação de projetos produtivos como piscicultura, apicultura, caprinocultura, avicultura e agricultura familiar; redução da taxa de abandono escolar e de reprovação de alunos e redução da distorção idade-série do ensino fundamental.
De acordo com o edital, os recursos estaduais, descentralizados em favor do município, deverão ser aplicados exclusivamente na execução do objeto conveniado. É proibido o uso de recursos estaduais transferidos nos termos do edital para:
- Pagamento de servidores efetivos ou não, do município ou de outras esferas de governo;
- Custeio de despesas ou investimentos anteriores ou posteriores à vigência do instrumento que formalizar a parceria;
- Gastos com comunicação e/ou publicidade;
- Realização de eventos e/ou festividades.
A Controladoria Geral do Estado e o Tribunal de Contas do Estado terão acesso a todos os documentos, dados e informações decorrentes da parceria que se estabelecer, no âmbito do edital, entre o Estado e municípios. O prazo para prestação de contas será de 30 dias após o término do prazo de vigência do convênio.
Cronograma dos procedimentos (prazos limites):
1º a 10 de abril – Adesão do município ao Pacto com apresentação exclusivamente no SGI-Pacto.
11 de abril a 30 de junho – Análise pela Comissão de Avaliação e Acompanhamento das demandas apresentadas pelos municípios e pactuação do objeto e contrapartida solidária serem conveniados.
A partir de 1º de maio – Início do processo de formalização dos convênios, a partir da inserção do plano de trabalho e demais documentos especificados na fase de proposição do SGI-Pacto.
Outras informações sobre o Pacto Social podem ser obtidas através do emailpactosocial2013@gmail.com.

Record demite mais 20 e será investigada pelo MP



Desde a última sexta-feira (22/3) – quando mais 20 profissionais foram demitidos –, o Ministério Público do Trabalho passou a reforçar as reivindicações de jornalistas e radialistas diante da gravíssima situação na Rede Record Rio.

Representantes sindicais se reuniram com o procurador Carlos Augusto Sampaio Solar, na 1ª Procuradoria do Trabalho, e dois inquéritos devem ser abertos.

“Nesses casos, o Ministério Público atua na dispensa em massa, quando a empresa tem que negociar isso com o sindicato para minimizar os danos sociais das demissões”, explica o promotor. A Rede Record no Rio, na semana passada, em reunião com os sindicatos dos Jornalistas e Radialistas, apenas informou que sua “reestruturação” atingiria um número não definido de profissionais – e nada mais.

“A Record também vai passar a ter processo sobre fraude trabalhista", garantiu o procurador. Isso porque a emissora contrata trabalhadores via pessoa jurídica (PJ), o que evidencia precarização das relações de trabalho. Muitos profissionais, como não têm horário fixo por prestarem serviços como empresa, acabam sendo obrigados a fazer longas jornadas de trabalho sem direito a hora extra.

Demissões e nova manifestação

Informações dão conta de que, ainda na sexta-feira (22/03), a Record Rio demitiu pelo menos mais 20 jornalistas, entre eles seis repórteres cinematográficos. Embora a empresa insista em anunciar excelentes resultados financeiros, existe a desconfiança de que a situação seja bem diferente. Isso porque alguns profissionais de alto salário, principalmente em São Paulo, estariam sendo chamados para uma renegociação, por vencimentos bem menores.

“Chamaram (nesta sexta) um por um para demitir”, conta um funcionário. “É como gado no matadouro. Horrível”, completa.

Na parte da manhã, os sindicatos fizeram nova manifestação em frente à sede da empresa, em Benfica – a terceira neste mês. Diante de carro de som e faixas, foram distribuídas cópias da carta aberta divulgada pelos sindicatos dos Jornalistas e Radialistas.

“Esta carta foi enviada a deputados estaduais e federais para ser lida em plenário, da Câmara e da Assembleia Legislativa”, destaca o diretor do Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro, Nelson Moreira. Novas entidades, como a Federação Interestadual dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão (Fitert) e Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) subscreveram o documento.

Fonte: Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro

quarta-feira, 27 de março de 2013

Maternidade Peregrino Filho abre ambulatório de pré-natal de alto risco




O Governo do Estado vem ampliando serviços na Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, a fim de garantir maior assistência à saúde da mulher. Na próxima quarta-feira, dia 03, será reaberto o ambulatório de pré-natal de alto risco, que atenderá a elevada demanda de toda a região, uma iniciativa do Instituto Social Fibra, que administra a Maternidade.

Exame de colposcopia, CAF - Cirurgia de Alta Frequência, considerado na atualidade o melhor tratamento para a remoção de lesões pré-malignas do colo uterino, sendo importante para se evitar cirurgias mais agressivas e mutiladoras como a histerectomia total, são alguns dos procedimentos que farão parte da rotina dessa nova área que contará com equipe multiprofissional da Maternidade.

Sobre a abertura desse consultório, o diretor clínico da Peregrino Filho, Paulo Athayde, explica que existe uma carência muito grande por esse serviço direcionado ao pré-natal de alto risco, o que eleva a demanda de pacientes do SUS, fazendo-os procurar centros como Campina Grande e João Pessoa, por não poderem pagar um tratamento particular. “Existe deficiência de atendimento de pré-natal de alto risco nessa região. Uma das preocupações é em relação ao colo de útero. Sabemos que quando ele é diagnosticado precocemente se consegue a cura na maioria das vezes”, explica o diretor clínico da Maternidade de Patos.

O câncer de colo de útero, segundo tipo de tumor mais frequente nas mulheres, acontece com maior incidência entre os 20 a 29 anos.

Comissão de ética – O Conselho Regional de Medicina (CRM) deu posse à Comissão de Ética da Maternidade Peregrino Filho semana passada, composta pelos médicos Odir Borges, Josias Alves e Augusto Márcio, ampliando os laços entre as duas instituições.

Na sua visita à Maternidade, o CRM ofereceu um curso para os médicos de Patos: “Medicina Desarmada – Como improvisar o atendimento médico até a chegada do socorro”, tendo como facilitador o médico anestesiologista José Bonifácio Imperiano. Ele falou dos cuidados imediatos que podem ser dados a uma pessoa ferida ou doente com o mínimo, ou nenhum equipamento adequado, até a chegada do atendimento médico competente.

Projeto do Programa 'Sustentabilidade' promove aula de campo com alunos da área rural








Alunos do Grupo Escolar Severina Pereira Queiroz, da comunidade Concas, tiveram na manhã desta quarta-feira, 27, uma aula de campo onde fizeram uma visita a queda d’água ‘Olho D’água’; a visita fez parte do Projeto “Brincando, criando e reciclando, preservando sempre!”, que compõe o programa Sustentabilidade.

Acompanhados das professoras Michelly Candeia e Laudiceia Lourdes, além da Coordenadora Pedagógica, Carleusa Monteiro, os alunos do Grupo Escolar aprenderam na prática o que veem apenas nos livros.

Histórias de um passado não tão distante sobre as condições naturais do referido lugar, e mini palestras sobre práticas de sustentabilidade, tendo a seca como elemento central e os efeitos devastadores causados pela escassez de chuvas, o principal deles, a limitação da água, foram feitas aos alunos, que ouviam atentamente e se solidarizavam com a situação ambiental do seu lugar de origem.

“Na sala de aula, eles se limitam as imagens que constam nos livros, mas saindo da sala, eles acabam tendo uma noção maior do ambiente em que vivem, noção, inclusive, dos impactos (negativos) causados pela seca”, disse Carleusa Monteiro.

Os professores ainda alertaram aos alunos sobre a importância da economia de água, que anda limitada no município, antes de encerrarem a aula com um piquenique e distribuição de ovos da Páscoa.

O Programa ‘Sustentabilidade’ faz parte de uma iniciativa das escolas da rede pública de Quixaba, que visa estender-se para além das salas de aula e alertar o município inteiro sobre a importância da preservação do meio ambiente através de práticas sustentáveis.


Eduardo Silva


Estado e município dialogam sobre revitalização do Parque Cruz da Menina




A prefeita de Patos, Francisca Motta, juntamente com a diretora-presidente da PB-TUR, Ruth Avelino, visitou o Parque Cruz da Menina na manhã desta quarta-feira, dia 27, com o intuito de observar as condições do local e dialogar sobre a possibilidade de restauração da estrutura e formas de melhor desenvolver o potencial turístico do local.

Representando a cidade de Patos e o poder público municipal também estiveram presentes o presidente da Associação do Trabalhador Cultural (Astral), Damião Lucena, o secretário de Cultura, Romildo de Sousa, e ainda o secretário de gabinete, Pedro Leitão.

De acordo com a prefeita Francisca Motta, apesar do local já ser administrado pela Diocese, ainda existe muita coisa a ser feita para que se torne mais valorizado e referência no turismo religioso da cidade.

“Temos uma obra que possui um projeto moderno, mas que precisa ser revitalizada. Em conversa com Ruth, propus que o município também seja parceiro do Estado e da Diocese para esse parque tenha um reconhecimento a nível de Nordeste e Brasil. A partir do momento que o turismo religioso da cidade é respeitado como referência, isso passa a gerar economia e outros benefícios”, conta a prefeita.

Para a diretora-presidente da PB-TUR, Rurth Avelino Cavalcanti, a ideia da prefeita foi satisfatória e comunga com o interesse do poder estadual em reestruturar e fortalecer o potencial religioso do parque.

“Já estamos em conversa com outros órgãos do estado para viabilizarmos uma melhor organização do local, sobretudo por meio de reformas. Com isso, o parque ficará mais atrativo para os turistas e também para os patoenses. Temos uma área muito boa para construirmos um local de apoio para os romeiros, mas tudo isso tem que ser feito com planejamento. De imediato, o que estamos precisando é consertar o que precisa ser consertado e logo após melhorar em outros aspectos”, comenta Ruth Avelino.

A representante do governo estadual revelou que outra reunião será marcada com os dois poderes e sociedade civil organizada, para que seja estabelecida a parceria de administração e conservação do parque religioso.

O Parque Cruz da Menina Foi construído pelo Estado em 1993, com o apoio da Prefeitura de Patos-PB e sua Diocese, o Santuário da Cruz da Menina se presta a lembrar a pequena Francisca, morta no ano de 1923, adorada e venerada nos dias de hoje como uma Santa do Povo.

Hélio Barbosa

terça-feira, 26 de março de 2013

Autor confesso da morte de Grasielle é capturado em Cruz do Espírito Santo

Samuel permaneceu calado e frio para a imprensa




Delegado Regional, Danilo Orengo, falou do sucesso de mais uma ação policial




Manifestantes pediram justiça para esse bárbaro crime
Por Marcos Eugênio

Patos-PB - Samuel Rozendro da Silva, 30 anos, autor confesso da morte da jovem Grasielle dos Santos Ramalho, 26, fato ocorrido na última sexta-feira 22, no bairro Maternidade, em Patos-PB foi preso hoje (terça-feira 26) no loteamento Massagana, no município de Cruz do Espírito Santo, a 25 quilômetros da Capital, João Pessoa, nesta terça.
Ele foi preso pelo pessoal do GTE da Polícia Civil de Patos, com auxílio da Delegacia de Homicídios na residência de uma tia sua. Sob forte escolta foi transferido para esta cidade, chagando por volta das 22h. Muita gente esperou por horas sua chegada. Havia um clima de curiosidade, mas também de revolta por um grupo de familiares e amigos da vítima fez uma manifestação com cartazes, pedindo justiça para esse caso que chocou a cidade pelos requintes de crueldade e covardia do assassino.
Logo que ocorreu o homicídio a Delegacia Regional de Patos iniciou as investigações e com informações de colegas de trabalho do criminoso, foi feito pedido de prisão preventiva, no domingo 24, pelo delegado Manoel Martins. “Colhemos todas as informações necessárias de testemunhas, inclusive de colegas de trabalho do criminoso, e todas elas deixaram clara a autoria do homicídio”, disse Martins na coletiva com a imprensa nesta noite.
As investigações continuaram e a Civil ficou sabendo de prováveis lugares em que o homicida poderia ter se escondido. Foram conseguidos dois mandados de prisão, nos quais ele poderia ter se escondido, no loteamento Massaranga, na casa de uma tia e outro em uma casa na cidade de Bayeux. No primeiro ele foi encontrado, não esboçou qualquer reação e confessou a autoria do crime.
O delgado regional, Danilo Orengo, agradeceu ao trabalho do GTE, do GOE e todos que participaram desse trabalho para prender Samuel. Danilo informou que antes de ser morta a jovem Grasielle chegou a ser agredida verbalmente por telefone por seu matador. Ele lamenta ela não ter procurado a Delegacia pra prestar queixa para que a Polícia fizesse o trabalho preventiva para evitar esse tipo de caso. “Isso talvez contribuísse para que ela não fosse assassinada. Serve de alerta para todas as mulheres, para que denunciem na Delegacia da Mulher, qualquer tipo de agressão”, comentou.
Samuel está sendo transferido para o Presídio Regional Dr. Romero Nóbrega ainda esta noite. Ele deverá ser denunciado por homicídio duplamente qualificado. Durante a entrevista coletiva ele não quis se pronunciar e permaneceu em silencia. Em silêncio também ficaram seus advogados. Um deles falou reservadamente à nossa reportagem e considerou o caso bastante complicado por todos os fatos que envolveram esse crime.
O crime ocorreu na última sexta no interior da residência, na Rua Elias Asfora, Maternidade, do publicitário Carlos Designer, que também chegou a ser perseguido pelo acusado, que fez uso de uma faca para matar Grasielle, sua ex-namorada. 

Ministério da Saúde e municípios da região de Patos discutem Atenção Básica





O Ministério da Saúde e 6ª Gerência Regional de Saúde estão promovendo um encontro, hoje e amanhã (quarta-feira) com participação dos 24 municípios da região de Patos. O evento busca discutir a realidade de cada localidade, o apoio do governo federal, as novas resoluções do MS, visando melhorar o acesso da população aos serviços e programas existentes na Atenção Básica de Saúde.

Além das dificuldades, as experiências exitosas de cada lugar estão sendo discutidas, numa cooperação solidária, troca de conhecimentos. Priscila Nunes, do Apoio Institucional da Atenção Básica do Ministério da Saúde, explica que o Governo trabalha com algumas frentes prioritárias, dentro do Departamento de Atenção Básica, como o PMAQ – Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, o Requalifica UBS e o novo sistema de informação da atenção básica e o NASF – Núcleo de Apoio à Família.


O novo sistema, Sisab, que vem substituir o SIAB, aproximando mais o Governo dos municípios, facilitando capacitação da atenção básica, dos gestores. E sobre essa questão Priscila diz que um dos grandes problemas hoje na saúde básica é justamente a falta de um processo de trabalho qualificado, tanto das equipes do PSF, quanto do suporte da gestão à essas equipes.

Outra deficiência que preocupa o MS é a situação precária da atenção básica. Priscila Nunes diz que o  PMAQ tem sido carro-chefe dentre os programas do Ministério da Saúde para melhorar essa estrutura deficitária nas unidades básicas.

Outro problema detectado em todo o país, sendo alvo de preocupação do Governo Federal, é em relação ao pré-natal, que não vem atendendo como deveria as necessidades da mulher, que não recebem o acompanhamento necessário para garantir a ela e ao bebê melhor assistência. Para tentar melhorar essa atenção a presidente Dilma lançou em 2011 a Rede Cegonha, que tem um olhar diferenciado para a saúde da mulher e de seu filho até os dois anos de vida.

O gerente regional de Saúde, José Leudo, disse que eventos desse porte, que reúnem os municípios para discutir políticas públicas, nivelam os conhecimentos, ou seja, não apenas as grandes, mas também as pequenas cidades têm acesso aos serviços, às informações. “Estamos quebrando esse paradigma à medida que trazemos técnicos do Ministério da Saúde e os nossos para trabalhar diretamente com os pequenos municípios. Queremos cada vez mais despertar no município seu compromisso com a atenção básica, com o SUS. E seus gestores, seus técnicos estão demonstrando esse sentimento, o que vai beneficiar as pessoas que estão mais distantes das sedes dos municípios”, enfatizou Leudo.

O encontro que acontece com os municípios da região nesta terça e quarta, amanhã será apenas com Patos, que possui quase 40 unidades básicas de saúde. A portaria 2.488 que regulamenta a Política Nacional da Atenção Básica é o tema central desse evento.

Ela dispõe sobre PSF, Programa Saúde na Escola, Núcleo de Apoio à Saúde da Família, que com as novas resoluções que estão sendo lançadas pelo Governo Federal permitirá a todos os municípios brasileiros implantá-lo; atribuições aos profissionais de saúde; educação permanente e capacitação institucional, controle social, participação da comunidade, ampliação do acesso à rede de saúde, são temas que fazem parte de um extenso programa que está sendo trabalhado com os municípios.

Sobre a abertura do Ministério da saúde aos municípios para que possam implantar seu NASF, José Leudo afirmou que o Governo do Estado já vem preparando-os para esse processo que amplia a assistência à população. Citou também o Pacto Solidário, lançado esta semana pelo governador Ricardo Coutinho como sendo outra importante ajuda ao desenvolvimento da saúde dos pequenos municípios.

“Hoje as ferramentas estão ai, nossos técnicos estão prontos para orientá-los, ao acesso de todos, e os gestores só não cuidam da saúde dos habitantes caso não queiram. Com relação ao Pacto Solidário o Governo do Estado está aberto para atender as solicitações dos municípios. Ele não quer dinheiro em contrapartida e sim ações de governo melhorem os serviços à população”, comentou Leudo.


Marcos Eugênio (8802-9016)


Prefeitura Municipal de Patos decreta ponto facultativo para esta quinta -feira



A Prefeitura Municipal de Patos decretou nesta terça - feira (26), ponto facultativo a partir desta quinta - feira, 28 de março, em todas as repartições e órgãos públicos da Administração direta e indireta do Município.

O decreto se fez necessário levando em consideração a política de atenção aos servidores públicos municipais, os aspectos culturais e as celebrações da Semana Santa.

Os serviços essenciais como a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Patos (STTRANS), SAMU, a Gerência de Licitação e o Complexo de Saúde Maria Marques, o horário ou escalas, funcionarão normalmente.

Coordecom

"As Engraxadinhas" nesta quarta em Patos



O Governo do Estado da Paraíba,  sob a coordenação da Fundação Ernani Satyro e o apoio da Fundação Espaço Cultural, promove o espetáculo infantil   “As Engraxadinhas” da Companhia de Teatro Lua Crescente, nesta quarta 27, a partir das 20 horas na Praça Edivaldo Mota, em comemoração ao Dia Mundial do Teatro.

O espetáculo faz homenagens às mulheres palhaças, no qual se faz uma releitura de grandes esquetes tradicionais, que tanto brilharam nas mãos dos mestres palhaços. Elas que, quase nunca aparecem no picadeiro com a responsabilidade do ser palhaço, vem agora aos poucos conquistando um espaço que até então era exclusivo dos homens. Apresenta com maestria e respeito a mais bela das heranças deixadas no circo, que por muitos anos arrancaram gargalhadas e aplausos de todos os espectadores pelo mundo.

ASCOM FUNES

segunda-feira, 25 de março de 2013

Ricardo anuncia R$ 100 milhões para municípios do Pacto Social



O Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba, edição 2013, disponibilizará recursos da ordem de R$ 100 milhões para os municípios. A boa notícia foi transmitida pelo governador Ricardo Coutinho aos prefeitos que participaram do lançamento do edital do Pacto Social, na manhã desta segunda-feira (25), em solenidade realizada no Teatro Armando Monteiro Neto, na sede da Fiep/Sesi, no Centro de João Pessoa.  
 
Além dos recursos, o edital 2013 do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba também ampliou as áreas de financiamento dos projetos, que este ano contemplará Educação, Saúde, Mulher e Diversidade Humana, Desenvolvimento Humano, Planejamento e Gestão, e Secretaria do Desenvolvimento e da Articulação Municipal. A secretária executiva da Saúde, Cláudia Veras, informou que nesta terça-feira (26) o edital será publicado no Diário Oficial do Estado.  
 
O Pacto 2011/2012 havia disponibilizado R$ 50 milhões, dos quais, R$ 41 milhões foram aplicados em obras e ações de 180 prefeituras. Para este ano, a previsão inicial era de R$ 80 milhões. “Nós estamos ampliando para R$ 100 milhões, o que é um volume muito expressivo”, afirmou o governador Ricardo Coutinho, adiantando que “na parte da Saúde nós teremos ampliação com recursos de financiamento, teremos equipamentos e para alguns casos comprovados até ambulância”. 
 
Ricardo disse aos prefeitos que o Pacto Social é uma política de governo que pode ser transformada em política de estado. “O Pacto é uma política de Governo que nós queremos transformar em política de Estado. Tivemos o edital de 2011, tivemos agora e vamos ter depois”, afirmou. E acrescentou ainda que se trata de uma proposta correta, que não discrimina: “Esse é um projeto que une a Paraíba. O Governo do Estado não quer e nem vai rivalizar com ninguém”. 
 
O governador destacou em seu pronunciamento que Estado e municípios, juntando suas possibilidades, estarão dando um grande passo em busca do desenvolvimento humano e social, ao firmarem compromissos por meio do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba. E lembrou que a lógica do Pacto é de que os municípios recebam recursos e ofereçam como contrapartida uma melhoria nos indicadores sociais, a exemplo de mais creches, mais pré-escolas. 
 
Ricardo Coutinho observou alguns pontos fundamentais para o êxito na pactuação com os municípios. Um dos critérios é apresentar projetos que tenham relação com a própria população. Cada município, de acordo com o novo edital do Pacto Social, poderá inscrever quatro propostas de projetos. O Comitê Técnico do Pacto dialogará com as prefeituras para focar nas prioridades, seja uma ou duas demandas. 
 
Um outro ponto destacado pelo governador é a questão dos prazos. Ele orientou que os prefeitos agilizem seus projetos, sem perder a qualidade e chamou atenção para prestação de contas de algumas prefeituras em relação ao primeiro edital do Pacto, pois alguns municípios ainda estão com esta pendência. 
 
A secretária da Comunicação Institucional, Estela Bezerra, fez a apresentação de vídeos documentários sobre alguns projetos realizados em vários municípios nas áreas de saúde e educação. Foram exibidos projetos financiados pelo Pacto 2011 em Picuí, Pombal, Lagoa de Rocha, Sumé, dentre outras cidades. 
 
O vice-governador Rômulo Gouveia avaliou que o Pacto tem ajudado a reduzir os índices de mortalidade infantil e de analfabetismo, por exemplo. “As ações do Pacto somadas ao Empreender Paraíba e ao Cooperar, tem sim contribuído com o crescimento dos municípios e do Estado”, comentou. 

Período de declaração – Com o lançamento do edital do Pacto Solidário 2013, nesta segunda-feira (25), os prefeitos devem fazer, no período de 1 a 10 de abril, a apresentação de quatro propostas nas áreas de saúde, educação, infraestrutura e desenvolvimento humano por meio do formulário que será disponibilizado no site www.pacto.pb.gov.br, onde os prefeitos terão acesso às informações gerais do pacto. 
 
Após o encerramento do prazo, os projetos inscritos serão analisados por uma comissão de avaliação do Pacto Social e, se estiverem de acordo com as regras do edital, serão selecionados. Até o final do mês de junho, o governador Ricardo Coutinho fará o anúncio dos projetos aprovados para assinatura dos convênios e transferência dos recursos aos municípios. 
 
Em vigor desde 2011, o Pacto pelo Desenvolvimento Social foi criado com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos paraibanos em todas as áreas de assistência básica. 
 
Perfil social - O presidente da Federação de Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Rubens Germano, parabenizou a decisão do governador Ricardo Coutinho em criar no ano de 2011 o Pacto Social. “Nenhum outro estado brasileiro assim procedeu em convocar os prefeitos através de editais e dar oportunidade de melhorias dos indicadores sociais de nosso estado”, comentou. 
 
O secretário do Desenvolvimento e da Articulação Municipal, Manoel Ludgério, gestor do Pacto Social, destacou o perfil social do programa que hoje tem a credibilidade de todos os gestores da Paraíba. 
 
Na solenidade  de lançamento do Pacto Social, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Humano, fez a entrega de computadores para Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas) de 74 municípios.
 
O lançamento do novo edital do Pacto Social foi prestigiado pelo vice-governador Rômulo Gouveia, pela primeira dama do Estado, Pâmela Bório, deputado federal Efraim Filho,  deputados estaduais, pelo Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, a secretária da Educação, Márcia Lucena, secretário do Planejamento e Gestão, Gustavo Nogueira, além do secretário da Saúde, Waldson de Souza. 


Secom-Pb

Prefeitura intensifica reativação e perfuração de poços em Patos




A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Patos realizou na manhã desta segunda-feira (25), a perfuração de um poço artesiano na Praça Edivaldo Motta, localizada no Centro de Patos.

De acordo com o secretário Sebastião dos Santos Lima, a perfuração desse poço em específico, faz parte do trabalho de reativação dos poços existentes em todas as praças da cidade.

“Inicialmente iríamos reativar este poço da praça Edivaldo Motta, mas devido ao mesmo se encontrar bastante danificado, foi necessário perfurarmos outro. Tivemos êxito no trabalho que resultou na abertura de um poço com vazão de seis mil litros por hora”, explica o secretário.

Sebastião dos Santos ainda informou que logo após a recuperação dos poços das praças, o trabalho será direcionado para os bairros e também para as comunidades rurais.

O secretário também lembrou que além de manter as praças verdes, a iniciativa é uma forma de economizar a água fornecida pela Cagepa.

“Fomos autorizados pela prefeita Francisca Motta a intensificarmos esse trabalho para que as praças continuem sendo regadas e conservadas. Além disso, a utilização da água de poços se reflete numa economia de água fornecida pela Cagepa”, garante Sebastião.

Hélio Barbosa

Servidores de Cacimba de Areia tem que receber salário até 5º dia útil



A Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba determinou, por unanimidade, que a Prefeitura de Cacimba de Areia efetue o pagamento dos salários dos servidores do município até o 5º dia útil subsequente ao mês trabalhado. Com a decisão, nesta segunda-feira (25), os membros do órgão fracionário mantiveram a sentença do juízo de primeiro grau, que havia concedido a segurança em favor do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (Sinfemp). O relator do processo nº 025.2011.003293-2/002 foi do desembargador João Alves da Silva.

Em seu voto, o desembargador-relator afirmou que o município deve proporcionar aos servidores um critério razoável de pontualidade e certeza quanto ao pagamento do salário, considerando que a verba visa, unicamente, à sobrevivência do cidadão que, tendo seus proventos pagos em datas não.determinadas, fica vulnerável e impossibilitado de garantir a manutenção adequada de seu sustento e de sua família.
“A retenção salarial constitui uma ilegalidade, já que o salário trata-se de verba de natureza alimentar,indispensável à sobrevivência dos servidores públicos, daí porque, impõe-se ao pagamento em período determinado, possibilitando sua utilização nos moldes do artigo 7º, IV, da Constituição Federal (moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social)”, disse o desembargador João Alves.
A Prefeitura de Cacimba de Areia alegou, em suas razões, que o ato de pagamento encontra-se na seara da discricionariedade administrativa do executivo municipal, estando proibida a ingerência do Judiciário.

Para o relator, não há uma ingerência do Poder Judiciário na imposição de data limítrofe para o pagamento mensal dos salários, tampouco desrespeita o princípio constitucional da separação e harmonia entre os Poderes, visto que, pelo contrário, há um dever legal de cumprimento das obrigações pontualmente, especialmente no tocante aos proventos.
Da Redação (com Assessoria)

6ª Gerência de Saúde potencializa serviços hospitalares que terão recursos de mais de R$ 9 milhões da Rede Cegonha



Apoiadoras da 6ª Gerência Regional de Saúde, Cláudia Oliveira, Keylla Brandão e Yanna Medeiros concluem no próximo dia 03 a caracterização dos hospitais da região de Patos inseridos na projeção financeira, mais de R$ 9 milhões, da primeira etapa do Plano de Ação da Rede Cegonha.

Essa caracterização visa identificar as potencialidades e fragilidades dos hospitais cadastrados para fortalecer a linha de cuidado materno infantil, como propõe a Rede Cegonha, um novo modelo de atenção ao parto, nascimento e a saúde do bebê, garantindo acolhimento, resolutividade e redução da mortalidade materna e neonatal.

Esse trabalho das apoiadoras teve início no dia 13 deste mês nos hospitais, maternidade e salas de parto dos seguintes municípios contemplados: Cacimba de Areia (Unidade Mista), Desterro (Casa de Saúde), São José do Sabugi (Unidade Mista Vinil), Santa Luzia (Hospital e Maternidade Sinhá Carneiro), São Mamede (Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Conceição), Patos (Maternidade Dr. Peregrino Filho) e Teixeira (Hospital Sancho Leite).

O dinheiro para as ações de atenção à saúde da mulher e da criança será liberado automaticamente, segundo a Portaria Nº 2.259 de 15 de outubro de 2012, quando todos os serviços forem cadastrados. “Nessa etapa os hospitais apresentam os serviços que podem oferecer, os quais serão regulados, levados para discussão e aprovação na CIRS – Comissão Intergestores Regional do Sertão. Todos esses serviços são cadastrados junto ao CNES – Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde”, explicou José Leudo, gerente regional de saúde.

No próximo dia 10 acontecerá o I Fórum Perinatal da 6ª Região de Saúde, no auditório de Odontologia das FIP – Faculdades Integradas de Patos, evento inserido nessa discussão de maior atenção na saúde da mulher e da criança. Nas discussões o fortalecimento da Rede Cegonha, contratualização dos serviços e aprimoramento na atenção à saúde da gestante à criança. 

A Maternidade Dr. Peregrino Filho, referência em alta complexidade para mais de 90 municípios paraibanos e estados vizinhos Pernambuco, Rio Grande do Norte, será contemplada com uma casa de Apoio à Gestante, recursos do Ministério da Saúde, dentro desse programa Rede Cegonha. Será um importante espaço no apoio às mulheres que aguardam o momento de dar a luz. Uma das prioridades, como prevê o programa é prestar atendimento humanizado, exames e resolutividade.

Hoje a Peregrino Filho, pelo status de atendimento de alta complexidade, graças aos investimentos do Governo do Estado, com abertura das UTIs Materna e Neonatal, equipes em constante processo de capacitação, introdução de novos serviços, recebe muitos casos complicados, com mães enfrentando situações de risco. Uma das principais causas tem sido o pré-natal mal feito. Com isso a direção da instituição (Instituto Social Fibra), em conjunto com a SES – Secretaria de estado da Saúde, veem ampliando ações com a comunidade. Um exemplo foi a recente capacitação em humanização e pré-parto oferecida ao PSF de toda a região, com intuito de facilitar o acesso das mulheres ao pré-natal, realização de exames, como a mamografia, melhorar indicadores e reduzir mortalidade materna e neonatal.  


Marcos Eugênio

Artista plástico Murilo Santos é destaque em revista estadual






O artista plástico patoense, Murilo Santos, dois anos depois de receber um prêmio do Conselho Estadual de Cultura como reconhecimento por sua obra, volta a ser notícia de novo em todo o estado, dessa vez como matéria de capa da Revista Eletrônica Blecaute, de Campina Grande, acessada em toda a Paraíba por pessoas comprometidas e antenadas com o que acontece no estado no campo das artes.

Murilo Santos tem se revelado um grande expoente das artes plásticas em Patos, um artista que pesquisa o trabalho dos grandes mestres da pintura,  que lê os clássicos da literatura universal e passa para a pintura as suas influências e referências sem, contudo, perder a sua originalidade, a capacidade de provocar a nossa imaginação com as suas telas.

Recentemente ele deu uma entrevista de dez minutos na TV Tambaú e comentou as carências de Patos no tocante à cultura. Murilo Santos disse que o poder público de Patos não precisa apenas criar uma Secretaria de Cultura, mas precisa dar-lhes condições de trabalhar.

O artista, que vive uma nova fase em sua produção, com o incremento da linguagem verbal em sua pintura, em um casamento da palavra com a imagem, será responsável pela elaboração das novas capas dos livros do escritor patoense Allyrio Meira Wanderley, obras que serão lançadas paulatinamente em Patos, uma iniciativa dos historiadores José Mota Victor e Mário Gregório Cabral, e que vai contar com o apoio de diversas instituições, como a Fundação Ernani Sátyro, a Fundação Educativa Cultural Miguel Motta, o Instituto Histórico e Geográfico de Patos, dentre outras. O resgate das obras se Allyrio Meira Wanderley é um esforço conjunto.

Um dos editores da Revista Blecaute é o artista plástico, ativista cultural e blogueiro Flaw Mendes, e foi ele quem convidou Murilo Santos para ser capa da Revista, depois que conheceu o seu trabalho através do designer gráfico Alex Souto. Quem quiser conhecer a revista Blecaute e ver o destaque ao artista patoense é só acessar o link: http://revistablecaute.com.br/edicao-atual/.

Wandecy Medeiros – wandecymedeiros@gmail.com

Arquivo do blog