Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sábado, 16 de maio de 2015

Prefeita Francisca Motta destaca melhorias nos bairros São Sebastião e Salgadinho


A prefeita de Patos Francisca Motta está semanalmente visitando obras e serviços em toda a cidade e conversando com a população sobre as necessidades de cada bairro. Na última quinta-feira (14), a gestora esteve no bairro São Sebastião conferindo o andamento das obras de drenagem na localidade que compreende as ruas Pedro Benedito e Miguel Imperiano. O trabalho que está sendo concluído possui cerca de 200m de drenagem com tubos de concreto.

“Era um problema que existia há trinta e cinco anos e, a população sempre esperava uma melhoria a ser feita. Estou muito feliz de poder realizar esse trabalho, certa de que iremos proporcionar tranquilidade aos moradores daquela localidade”, disse a prefeita.

Já no bairro Salgadinho, a prefeita conferiu o andamento dos serviços de terraplanagem, limpeza de canal, limpeza de ruas, entre outros.

“Estamos empenhados, a gestão e o deputado federal Hugo Motta, para trazermos outras melhorias para o bairro, a exemplo de calçamento. Mas no momento o que estiver ao nosso alcance estamos nos empenhando para realizar. Além disso, tenho orientado as equipes de trabalho no sentido de atender toda a cidade com serviços semelhantes a esse que esta sendo feito no bairro Salgadinho”, comentou. 

Helio Barbosa

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Governo do Estado prepara Caravana do Coração em 13 municípios



O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde e em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) Círculo do Coração do Recife, se prepara para realizar mais uma Caravana do Coração. Esta é a terceira vez que o evento acontece na Paraíba e, nesta edição, que será realizada no período de 29 de junho a 11 de julho, 13 municípios serão contemplados.  Nesta terceira caravana os municípios beneficiados são: Itaporanga, Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Patos, Princesa Isabel, Sumé, Esperança, Picuí, Guarabira, Itabaiana e Mamanguape.

O público-alvo da caravana, que vai contar com a participação de cerca de 40 profissionais, são crianças de 0 a 12 anos e gestantes com idade gestacional de 22 a 28 semanas que apresentem algum tipo de cardiopatia ou problemas oriundos de cardiopatias, a exemplo de febre reumática, sopro, cianose, taquicardia e desmaios em crianças; e nas mulheres, problemas como diabetes clínica, ultrassonografia com suspeita, outro filho com cardiopatia, má formação fetal entre outros.

A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, destacou a importância do Círculo do Coração dentro do Estado.   Para ela, essa parceria tem contribuído para que o Governo do Estado possa oferecer um atendimento qualificado e eficiente às crianças cardiopatas paraibanas e mostra também que o Estado tem capacidade de realizar procedimentos cirúrgicos de alta complexidade e, nesse caso específico, em crianças com problemas cardíacos. “Agora essas crianças não precisam mais sair da Paraíba em busca de um atendimento especializado em outros centros, como acontecia em um passado não muito distante”, destacou a secretária.

O coordenador estadual da Rede de Cardiologia Pediátrica e também 

instrutor dos cursos, Cláudio Régis, explicou que a terceira Caravana do Coração, além da assistência, a exemplo da primeira e segunda caravana, mantém o perfil de capacitação profissional. Ele disse que a Caravana do Coração terá na sua grade o Curso de Transporte do Recém-nascido de Risco, Assistência de Enfermagem ao Recém-nascido e Reanimação Neonatal, além do Auxiliar da Reanimação Neonatal. Os cursos estão voltados para os profissionais que atuam na saúde nos vários níveis de assistência.

 
“A Caravana, no seu perfil de capacitação, tende a deixar melhor preparados os profissionais dos vários níveis de assistência, o que resulta na melhor qualidade da assistência e faz com que sejam positivos os resultados quanto aos serviços oferecidos, resultando em redução da morbimortalidade materna e neonatal”, destacou Cláudio Regis.

De acordo com o diretor geral do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que é o hospital de referência da Rede de Cardiologia Pediátrica PB\PE, Bruno Leandro de Souza, a realização de mais essa Caravana do Coração mostra mais uma vez a preocupação do Governo do Estado em expandir os serviços na área de cardiologia infantil e, nesse caso específico, levando saúde com qualidade e eficiência às crianças paraibanas.

“As ações de saúde não se restringem apenas a Capital, mas a todos os municípios paraibanos onde o Governo do Estado vem ampliando a sua rede de atendimento com a construção e reforma de hospitais e de outras unidades de saúde que estão equipadas com o que há de mais moderno na área de saúde e com profissionais qualificados para prestar uma assistência com qualidade e eficiência a toda a população paraibana”, destacou o diretor.

A presidente do Círculo do Coração, Sandra Mattos explica que a Caravana do Coração tem por objetivo realizar um mutirão de triagens, consultas e exames cardiológicos com ajuda de uma equipe multidisciplinar de profissionais de diversas áreas. A III Caravana, que terá também a duração de 2 semanas, objetiva aumentar o número de pacientes atendidos e capacitações através de um maior contingente de profissionais”, observou.

Maria José de Souza Gomes Galvão, assistente social do serviço de Cardiologia do Arlinda Marques, explica que com essa Caravana do Coração as crianças não precisam vir à capital.  “Elas serão avaliadas no próprio município ou o mais próximo de sua cidade, mas, antes de serem avaliadas pela equipe da caravana, essas crianças passam por uma triagem prévia pela equipe das cidades referenciadas e, constatando alguma suspeita de cardiopatia ou tendo cardiopatia definida, essa criança será encaminhada para ser avaliada na Caravana e se indicada cirurgia irá para lista de espera”, explicou a assistente social.

Balanço - Em 2013, foi realizada a 1ª Caravana do Coração.  “Foram 9 dias de viagem e neste período realizamos 4.608 atendimentos nas áreas de Enfermagem, Cardiologia, Ecocardiograma, Psicologia, Nutrição, Serviço Social, Arte Terapia, Ausculta Cardíaca e Eletrocardiograma totalizando o número de 4.608 atendimentos”, explicou Sandra Mattos.

Ano passado aconteceu a 2ª Caravana do Coração no Estado da Paraíba, que visitou 13 municípios com duração de 14 dias e desta vez com 40 profissionais.  Nesta Caravana, foram realizados  9.171 atendimentos nas mesmas áreas da primeira caravana. Foram ainda realizadas capacitações em reanimação neonatal, transporte e cateterismo umbilical para 495 profissionais de saúde.

Outros dados - A Rede de Cardiologia Pediátrica (PB\PE) realizou nos últimos três anos cerca de 80 mil triagens neonatais. Ainda de acordo com os dados, nesse mesmo período, foram realizadas 7 mil consultas e ecocardiogramas, 800 capacitações profissionais, além de 330 cirurgias no Complexo de Pediatria Arlinda Marques, na Capital, referência na área, e mais 62 outras cirurgias, no Recife, de pacientes cardiopatas paraibanos. A Rede de Cardiologia Pediátrica (PB\PE) é fruto de um convênio assinado entre o Governo do Estado e o Círculo do Coração de Pernambuco no dia 17 de outubro de 2011. 

De acordo com os dados apresentados pela assistente social do serviço de Cardiologia do Arlinda Marques, Maria José Souza Galvão, somente em 2014, o Arlinda Marques realizou 4.555 atendimentos, dentre estes, 2.622 consultas ambulatoriais, 102 procedimentos cirúrgicos e 1.831 ecocardiogramas.

A Rede hoje cobre quase 85% dos nascimentos da rede pública de maternidades.  A Paraíba é pioneira no projeto do Círculo do Coração e oferece assistência de qualidade à população, desde o atendimento ambulatorial até a alta complexidade. A Rede de Cardiologia Pediátrica é financiada com recursos da Secretaria de Estado de Saúde e surgiu da necessidade de melhorar o atendimento em cardiologia pediátrica no Estado.

O serviço também atua na capacitação dos profissionais do sistema público de saúde, em especial neonatologistas, ultrassonografistas, pediatras e enfermeiros, visando o diagnóstico e tratamento das doenças cardíacas em crianças. As equipes são treinadas para realizar a triagem neonatal por oximetria de pulso, exame feito nas primeiras 24 horas de vida do bebê, capaz de detectar doenças cardíacas congênitas. O exame mede a saturação de oxigênio no sangue. Nos casos em que é detectada alguma anormalidade, os bebês são encaminhados para realizar exames mais aprofundados. Também é feita triagem neonatal com ecocardiograma realizado pelo neonatologista, com supervisão de um cardiologista online. Além disso, contam com toda a assistência clínico-cirúrgica dos médicos ligados ao Círculo do Coração de Pernambuco.

O diretor geral do Hospital Arlinda Marques, Bruno Leandro de Souza explicou que antes desse convênio, muitas crianças tinham que se deslocar para outros estados porque a Paraíba não disponibilizava de um  serviço especializado. Havia o diagnóstico tardio, falta de serviços para realização das cirurgias, deterioração clínica, processos judiciais, entre outros pontos. Assim, os gastos com transporte aéreo, tratamentos em outros estados, eram altos chegando a R$ 1 milhão para um único paciente.


Ele disse também que a criação da Rede de Cardiologia Pediátrica PB\PE mostra a preocupação do Governo do Estado com a saúde das crianças, em especial as cardiopatas.  “Essa parceria está sendo muito importante, haja vista que hoje a gente faz cirurgias de alta complexidade e com isso contribuindo para diminuir a mortalidade de crianças com problemas cardíacos em nosso Estado”, comentou o diretor, ao destacar que a cada ano o Hospital Arlinda Marques vem conseguindo aumentar o número de cirurgias cardíacas. “Essas cirurgias aumentaram não só em quantidade, mas também em qualidade, ou seja, casos mais graves estão sendo operados aqui na Paraíba”, observou. 

secom

Câmara homenageia 3º BPM em seu 43º aniversário e entrega Títulos de Cidadão Patoense a três militares que fizeram história em Patos





Em Sessão Solene realizada na tarde desta quinta-feira (14), a Câmara Municipal de Patos homenageou o “3º Batalhão de Polícia Militar – Batalhão Governador Ernani Sátyro” (3º BPM), que nesta data festejou o seu 43º aniversário. A Sessão também foi marcada pela entrega do Título Honorífico de Cidadão Patoense ao comandante geral do BPTran-PB, tenente coronel Paulo Almeida da Silva Martins; e aos ex-comandantes do 3º BPM, tenente coronel Ambrósio Agricula e tenente coronel Paulo Marcelino dos Santos.

A solenidade, que foi conduzida pela presidente da Mesa Diretora da Casa Juvenal Lúcio de Sousa, Nadir Rodrigues Guedes, acompanhada pelos vereadores Inácio de Gelo, Diogo Medeiros, Isis Medeiros, Lucinha Peixoto, Maurício Alves, Jardelson Pereira e Toinho Nascimento, contou com a presença do comandante do 3º BPM, coronel Francisco Rubens de Andrade Campos, do coronel Marcos Alexandre Sobreira, representando o comando geral da PMPB, do major Saulo Laurentino, comandante da 4º Batalhão do Bombeiro Militar, do tenente Leonides Marcelino, comandante da 4ª CPTRAN, do advogado Jackson Lucena, representando a prefeita Francisca Motta e de várias outras autoridades militares e civis.

Além da Sessão Solene, o comando do 3º BPM também realizou uma sessão de homenagens, na qual foram entregues medalhas a vários militares que integram a corporação e houve, ainda, a apresentação do hino do Batalhão e a inauguração simbólica da nova sede da Banda de Música do 3º BPM, que tomou lugar no Auditório Dona Milindra e deu o tom musical da solenidade.

A cerimônia foi marcada por discursos emocionados, tanto por parte dos militares, entre os quais os reconhecidos pela Casa Juvenal Lúcio de Sousa como filhos oficiais de Patos, como por parte dos vereadores Maurício Alves, Toinho Nascimento e Jardelson Pereira, autores das proposituras que concederam os títulos de cidadão ao tenente coronel Paulo Almeida da Silva Martins, ao tenente coronel Ambrósio Agricula e ao tenente coronel Paulo Marcelino dos Santos, respectivamente.

O Coronel Campos, comandante do 3º BPM, disse que este foi um momento muito importante para o 3º Batalhão, uma vez que conseguiu reunir e homenagear policiais da primeira turma, formada no ano 1972, assim como outros que estão na corporação há menos tempo, promovendo assim um encontro de gerações de policiais que fazem parte da história desses 43 anos de luta na busca constante pela ordem pública e a segurança pública na cidade de Patos.

O vereador Maurício Alves, que também foi o propositor do pedido para realização da Sessão Solene, disse ter ficado extremamente emocionado com a cerimônia realizada e satisfeito com as homenagens prestadas pela Câmara de Vereadores de Patos a todos os militares que tem uma história de vida dedicada ao trabalho de proteger os cidadãos patoenses.

Já os novos filhos de Patos foram unanimes em falar da satisfação de poder ser reconhecidos por esta cidade que já tinham em seus corações e em agradecer a Casa Juvenal Lúcio de Sousa e aos patoenses a homenagem prestada.

E a presidente da Casa, vereadora Nadir Rodrigues Guedes, disse que esta foi uma sessão muito importante para a cidade de Patos, uma vez que houve oportunidade para homenagear o 3º Batalhão, pelos seus 43 anos de instalação, e também, por conceder o Título Honorífico de Cidadão Patoense a três grandes nomes da Polícia Militar, que tem história em Patos e que de fato já eram filhos de coração e agora foram reconhecidos oficialmente.

Ascom | Câmara Municipal de Patos

Apresentações de quadrilhas juninas têm início neste sábado em Patos




A Associação das Quadrilhas Juninas de Patos dará início ao calendário de apresentações nos bairros, na noite deste sábado, dia 16 de maio, com uma apresentação da Junina Unidos Pela Paz, que acontecerá no bairro Vitória, às 18 horas, próximo à escola Professor Oliveira. As apresentações seguem até o dia 8 de agosto.

Ainda em se tratando de festividades juninas, o evento Paraíba Junino 2015 (Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas da Paraíba) realizará dia 6 de junho, às 18 horas, no Ginásio de Esportes O “Rivaldão”, a etapa sertão que contará com diversas quadrilhas juninas do sertão do estado. As quadrilhas participantes concorrerão a duas vagas para disputar a final do concurso Paraíba Junino 2015, de 22 a 24 de junho, na cidade de Campina Grande. As inscrições podem ser feitas até o dia 04 de junho, através do e-mail:antonio.santos948@gmail.com.

Ainda dentro do contexto de apresentações das quadrilhas juninas, acontecerá dia 20 de junho, às 18 horas, no Terreirinho do Forró (Praça Getúlio Vargas), o Concurso Patoense de Quadrilhas Juninas, que oferece à quadrilha vencedora, uma vaga para disputar a final do Paraíba Junino 2015, que acontecerá na capital João Pessoa. As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de junho, através do e-mail:antonio.santos948@gmail.com.


Confira o calendário de apresentações das Quadrilhas Juninas de Patos:


01 - JUNINA UNIDOS  PELA PAZ -  Rua Maria Vicência – bairro: 
Vitória próximo a Esc. Professor Oliveira 
Dia: 16.05.2015 

02 - JUNINA GERALDA  MEDEIROS - Conj. Geralda Medeiros  
Saída para Piancó Dia: 23.05.2015

03- JUNINA XAMEGÃO - Rua Manoel Balbino -  Bairro Vitória  Próximo á P. do Juá Doce  Dia: 30/05/2015 

04 - JUNINA  BRASILIA -  Rua Bossuet Wanderley Bairro Brasília 
Prox. a Praça Bivar Olinto Dia 06/06/2015

05 - JUNINA VANDI ALVES - Rua Vandi Alves- Vitoria 
Próximo Supermercado Bom Preço Dia: 06.06.2015



06 - JUNINA AMIGÃO - Rua Euclides Franco - Vitória
 Dia: 12/06/2015 
  
07- JUNINA  DIGA NÃO AS DROGAS - Rua Natanael Negreiros  
Conj. José Mariz Dia: 13/06/2015
  
08 - JUNINA DOM GERARDO - Bairro Salgadinho 
Próximo á Igreja Dia 13.06.2015
  
09 - JUNINA  PEGA RELA -  Sitio Barragem - Zona Rural 
Dia 13.06.2015

10 - JUNINA ARRASTA P. DOS MATUTOS - Rua Carlota César  
J. Queiroz Próximo á Praça Dia 04.07.2015

11 - JUNINA PÉ DE MULEQUE - Rua Pórfiro da Costa – bairro 
Santo Antonio Dia: 04/07/2015  

12 – JUNINA ALPARGATAS   DE COURO – Rua Euclides Franco
Bairro Vila Cavalcante Dia: 04.07.2015

13 - JUNINA DA RUA 19 - Rua 19 - Bairro Jatobá  
Dias: 04 e 05 .07 .2015

14 - JUNINA AMIZADE -  Rua Plácido Magalhães Bairro Jardim 
Lacerda Dia: 11.07.2015

15 – JUNINA GONZAGÃO – Bairro Frei Damião próximo á Igreja  Dia: 11/07/2015

16 - JUNINA VILA NOVA - Rua Euclides Franco Bairro Sete Casas  
Dia: 11/07/2015 
  
17 - JUNINA POEIRÃO - Rua Jarbas Moura  Bairro Belo 
Horizonte Dia : 11.07.2015

18 – JUNINA CARAPICHO – Bairro Matadouro
Dia: 11.07.2015

19 - JUNINA CORONÉ ROBERTO - Rua Rossivet Gomes -  Jatobá    
 Dia: 12 .07.2015 ( DOMINGO) 

20 - JUNINA CARNE DE BOI SECA - Rua P. Assis - Liberdade  Próximo á Caixa Dágua   Dias: 17 e 18 /07/2015   

21 - JUNINA UNIÃO DA CRUZ  Bairro Vila Mariana
Próximo á Cruz da Menina – Dia: ? A DEFINIR_______________

22- JUNINA BEIJA FLOR – Rua: Espinharas – Centro
Dia: 18.07.2015 

23 - JUNINA BRILHO DO SERTÃO - Rua Santa Luzia bairro Belo 
Horizonte ao lado da Souza Cruz Dias: 18/07/2015 

24 - JUNINA A FULÔ DO MEU SERTÃO
Rua Januncio Nóbrega Frei 
Damião Prox. á Igreja Dia: 25/07/2015 

25 – JUNINA BUSCAPÉ - Distrito de Santa Gertrudes 
Dia 25/07/2015 

26 - JUNINA ALEGRIA - Bairro Sete Casas Próximo á Igreja 
Local Dia 25/07/2015  

27- JUNINA LUAR DO SERTÃO - Rua Francisco Filgueira Bairro 
Novo Horizonte Dia 01/08/2015 
  
28 - JUNINA DANÇOU GAMOU - Rua Cinco de Agosto Bairro Belo 
Horizonte Dia 08/08/2015

29 - JUNINA CORONÉ CHICÃO - Sitio Mucambo - Zona Rural 
Dia 08/08/2015 


quinta-feira, 14 de maio de 2015

Governo e entidades avaliam panorama da ovinocaprinocultura no semiárido


Representantes de vários setores da ovinocaprinocultura no Estado se reuniram, durante todo o dia dessa terça-feira (12), na cidade de Monteiro, para debater o panorama do setor da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura da região semiárida do Nordeste, especialmente na Paraíba e em Pernambuco.  O encontro foi organizado pela Secretaria de Estado da Agropecuária e Pesca (Sedap), com o objetivo de integrar os produtores e todo setor público que dá assistência à cadeia produtiva para debater projetos, programas e pesquisas para ampliação e fortalecimento da atividade na região do Cariri paraibano.

Para o secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Rômulo Montenegro, o suporte dado pelo Governo do Estado aos criadores de ovinos e caprinos tem papel fundamental para a estruturação da atividade. “O segmento traz para o Estado inúmeros benefícios e a adoção de uma estratégia mais comercial pode dar melhores oportunidades para os produtores”, observou, ao fazer a abertura dos trabalhos. 

Nilton Mota, secretário de Agricultura de Pernambuco, destacou a importância do Programa "Leite de Todos", que vai passar de 11 para 25 mil litros de leite de cabra distribuídos diariamente às comunidades, hospitais, asilos e presídios em Pernambuco. "É necessário que se fortaleça e feche a cadeia produtiva da ovinacrapinocultura e os estados estão juntos. Paraíba e Pernambuco somam 50% do rebanho no Brasil e vamos fortalecer os criadores e potencializar o setor para o mercado. Por esse motivo, estamos aqui e os encaminhamentos das entidades entraram numa pauta constante junto ao Ministério da Agricultura”, comentou.

Já Patrícia Oliveira, da Secretaria de Desenvolvimento Humano, informou que o Programa Leite da Paraíba é uma estratégia de segurança alimentar que atende 100 mil famílias no Estado. "O programa está sendo reformulado, pois a demanda é muito grande e essa é uma oportunidade para socializar as mudanças e o reordenamento do Programa, e dizer aos agricultores e entidades presentes que com o fortalecimento da cadeia produtiva poderemos atender a demanda com uma maior capacidade de produção no estado", disse. 

O presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Pedro Albuquerque, também presente na reunião, disse que o encontro possibilita e incentiva o desenvolvimento econômico que está diretamente ligado às potencialidades de cada região e que o papel da OCB é orientar no que for necessário para trabalhar os desafios enfrentados especificamente por cada setor.

Rubéns Remígio, diretor da Associação Capribom, disse estar esperançoso com o resultado da reunião: "Pela primeira vez vejo uma ação voltada com tanta força para a nossa cadeia produtiva, fico aguardando e sei que teremos resultados. Todos que estão aqui sabem que a ovinocaprinocultura é a saída para permanecermos no semiárido vivendo com dignidade do nosso trabalho".

Estiveram presentes ao evento o deputado Ângelo Ferreira, de Pernambuco; o  secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco, Nilton Mota; o presidente da Federação da Agricultura do Estado da Paraíba (Faepa), Mário Borba; e representantes do Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Ministério Público, Embrapa, Emepa, Emater Associações Capribom, Leite Cariri e Santa Filomena, de sindicatos da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, Sebrae  e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Número de vítimas de acidentes com motos é 25 vezes maior que os que envolvem carros




Não é à toa a preocupação dos órgãos de trânsito, de saúde, dos governos com o elevado índice de acidentes que vitimam motociclistas. Longo período de sofrimento para recuperação, isso quando não chega a óbito, altos custos para os cofres públicos. Tem sido essa a tônica dos atendimentos do Hospital Regional de Patos Dep. Janduhy Carneiro. Mês a mês o índice tem se mostrado bastante elevado.

Comparando o número de vítimas de acidentes de trânsito envolvendo motos com os de carros, o primeiro é 25 vezes maior, de acordo com os registros do Janduhy Carneiro. Em abril deram entrada 328 vítimas de acidentes com motos e apenas 13 de carro. Patos, por ser cidade polo, maior população, teve o maior número de acidentes, 164, o que dá uma média diária de 5,4.

Apesar do HRP ser referência em média e alta complexidade, pronto para receber urgências, o número dessas tem sido bem inferior ao de consultas, que deveriam acontecer na atenção básica. As consultas representam mais que o dobro das urgências. Dos 7.261 atendimentos realizados em abril deste ano pelo Regional, o número de consultas chegou a 3.753, mais da metade.

Em relação a internamentos, em abril foram realizados 648. Do total, 71 vítimas de acidentes com moto.

Câmara aprova Projeto de Lei que disciplina o sistema de transporte coletivo urbano de Patos



Em Sessão Ordinária realizada na noite desta terça-feira, 12 de maio, foi votado em 1ª e 2ª votação o Projeto de Lei do Executivo Municipal que disciplina a implantação do sistema de transporte coletivo urbano em Patos.

O Projeto 05/2015, que já havia sido amplamente discutido pelos parlamentares e pela população, uma vez que passou por todos os trâmites e Comissões especiais da Casa Juvenal Lúcio de Sousa e também pela apreciação dos usuários em Audiência Pública realizada no último dia 06, foi aprovado por unanimidade dos pares e será devidamente encaminhado para sanção por parte do Executivo Municipal.

Também foram votados e aprovados, em 1ª e 2ª votação três Projetos de Lei do Legislativo, todos com pedido de concessão de Titulo Honorífico de Cidadão Patoense. Foram aprovados: Projeto de Lei 27/2015, de autoria do vereador Jardelson Pereira (PV), que concede título ao Coronel Paulo Marcelino dos Santos; 28/2015, que concede o título ao Coronel PM Paulo Almeida da Silva Martins, comandante da BPTran desde julho de 2013; e o Projeto de Lei 29, de autoria do vereador Toinho Nascimento (PV), também requer da Casa Juvenal Lúcio de Sousa a concessão de um Título Honorífico de Cidadão Patoense, sendo este para o Tenente Coronel Ambrósio Agricula, ex-comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar.

Os parlamentares ainda apreciaram e votaram 21 Requerimentos na Sessão desta terça. Destes, 19 foram apresentados por escrito e dois de forma verbal. Dos Requerimentos, oito foram apresentados pela presidente Nadir Rodrigues (PMDB), quatro pela vereadora Cláudia Leitão (PR), outros quatro pelo vereador Jardelson Pereira (PV), três pelo vereador Maurício Alves (PMDB) e dois pelo vereador Diogo Medeiros (PSB).

Ascom | Câmara Municipal de Patos

Municípios traçam metas para melhorar indicadores de saúde



  


A Gerência de Planejamento e Gestão da Secretaria de Estado da Saúde realizou nesta terça-feira em Patos encontro com a 3ª Macro (Patos, Princesa Isabel e Piancó) para discutir o processo de pactuação das diretrizes, objetivos, metas e indicadores 2015. O objetivo do encontro, segundo Eliane Gadelha, técnica de Planejamento e Gestão, é fazer com que os municípios melhores seus indicadores em todo o Estado.

Diz que não é fácil lidar com indicadores de saúde e que nessas discussões com os municípios o que se busca é que eles analisem a meta de cada indicador para fazer uma pactuação bem real, em cima de ações bem desenvolvidas que contribuam para melhorar esses indicadores e consequentemente a saúde da população.

O Ministério da Saúde trabalha com 66 indicadores, onde os municípios, estados fazem o pacto para melhorá-los. Cabe a esses planejar, de forma integrada envolvendo as três esferas, ações nesse sentido para garantir saúde de qualidade à população.

Dentre os indicadores pactuados de forma tripartite, decididos em acordo pelos municípios, estados e governo federal, existem os universais, em que todos os municípios têm que pactuar, a exemplo da redução da mortalidade infantil, vacinação, e os específicos, que dependem da realidade de cada localidade para pactuarem ou não.

“A pactuação visa fortalecer o SUS. Quando o município se compromete atingir determinadas metas, como cobertura da atenção básica, e não consegue, por exemplo este ano, no próximo ele trabalhará mais para cumprir aquilo que se comprometeu. A intenção de tudo isso é melhorar a saúde dos habitantes de cada localidade”, comentou Eliane.

Vários municípios da região de Patos não estão conseguindo atingir as metas de determinados indicadores, a exemplo da vacinação. A Secretaria de Estado da Saúde, preocupada pelos resultados negativos, vem intensificando esforços para trabalhar junto com esses municípios, estimulando-os, traçando estratégias para que possam alcançar esses indicadores. 

Complexo Coremas-Mãe D´água já perdeu mais de 900 milhões de metros cúbicos de água

Por Genival Junior
Com capacidade total para um bilhão 159 milhões 645 mil 358 metros cúbicos de água, o complexo Coremas Mãe D´Água já perdeu até agora mais de 912 milhões de metros cúbicos, devido ao agravamento da seca no sertão paraibano.
O levantamento foi realizado pelo Instituto Patoense de Pesquisa e Estatística-INPPE, com base nas informações da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba-AESA.
Segundo os números, o último ano em que o complexo atingiu o seu limite máximo foi em 2009, período em que tivemos chuvas regulares ou acima da média em quase todo o interior paraibano.
O agravamento da crise hídrica aconteceu por conta das poucas chuvas registradas próximo ao leito do Rio Piancó, maior afluente do manancial da Paraíba e terceiro maior do Nordeste.
Coremas-Mãe D’Água é responsável hoje, por abastecer uma população de cerca de 600 mil habitantes, considerando os municípios que utilizam a água do manancial nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, seja por meio do sistema de adutora ou de captação do líquido na bacia do Rio Piranhas ou em da própria bacia do manancial.
Até pouco tempo, Coremas-Mãe D’Água era responsável por abastecer 30 municípios, alguns quase na sua totalidade a exemplo de Patos. Na Paraíba, o Coremas-Mãe D’Água abastece os municípios de Patos; Pombal; São Bento; Belém do Brejo do Cruz; Santa Luzia; Coremas; Paulista; Belém; São Mamede; Condado; Malta; São José de Espinharas; São Bentinho; São José do Sabuji; Salgadinho; Cacimba de Areia; Vista Serrana; Cajazeirinhas; Várzea; Passagem; Areia de Baraúnas e Quixaba, que juntos totalizam 22 municípios, relação que tende a crescer com o fim das águas nos demais reservatórios do Sertão do Estado, ultrapassando a marca de 400 mil paraibanos.
No Rio Grande do Norte, são abastecidos Caicó, Assu, Jucurutú; Jardim de Piranhas; São Rafael; Itajá e Ipanguaçu, totalizando oito municípios e quase 200 mil habitantes, através do leito do Rio Piranhas.
A queda do manancial foi gradativa ano a ano. Em maio de 2011, o volume armazenado era 985 milhões 698 mil 554 metros cúbicos de água, ou 85%. Em 31 de dezembro de 2012, o volume de água era 566 milhões e 40 mil metros cúbicos, ou 48,81%.
Um ano depois, em 31 de dezembro de 2013, o volume havia caído para 403 milhões 810 mil metros cúbicos de água, ou 34,82% do total, restando para 31 de dezembro de 2014, o equivalente a 252 milhões 461 mil 809 metros cúbicos de água, ou 21,77% do volume máximo.
Atualmente, o Açude de Coremas possui 246 milhões 940 mil 101 metros cúbicos do líquido precioso, ou 21,25% do seu volume, o que significa que toda a água que entrou no complexo já foi consumida pela população dos municípios abastecidos, ou por outros fatores, como o desperdício, consumo dos animais e evaporação, etc.
A média de consumo do reservatório chega a ser semanalmente, na faixa de 2,5 milhões de metros cúbicos de água a cada semana.

terça-feira, 12 de maio de 2015

Superlotação do HRP: Presidente da CIRs diz que municípios não têm como manter médicos todos os dias





Aconteceu na manhã desta terça-feira no auditório da 6ª Gerência de Saúde, em Patos, mais uma reunião da CIRs – Comissão Intergestores Regional do Sertão, onde secretários municipais de saúde puderam discutir vários assuntos inerentes à saúde pública de suas localidades.

O presidente da CIRs, secretário de saúde de Matureia, João Paulo, questionado sobre a grande demanda de consultas atendidas pelo Hospital Regional de Patos Dep. Janduhy Carneiro, o que acaba fugindo de seu propósito que é a urgência e emergência, reconheceu que isso causa sobrecarga no atendimento do Regional.

“A gente reconhece esse problema. Isso ocorre por que a maioria dos municípios sertanejos são pequenos, com muitas restrições financeiras e que não conseguem manter médicos nos finais de semana, no período da noite. Por isso nas nossas reuniões da CIRs a gente está sempre traçando metas, ações, atividades na atenção básica nos municípios para evitar que isso ocorra, não apenas no Hospital Regional, mas também no Infantil”, comentou Paulo.

Ele explica que se trata uma demanda preocupante, mas que não está restrita à região de Patos, mas do Estado, do País, sendo necessárias discussões sobre novas políticas de saúde no SUS, que é um dos melhores planos de saúde pública do mundo.

Sobre o Mais Médicos o presidente da CIRs diz que seu município não foi contemplado por que na abertura dos editais as equipes de saúde de Matureia estavam completas, mas que conhece a realidade de outras localidades, onde o programa tem melhorado o atendimento na atenção básica ao manter o profissional médico na comunidade. “Matureia foi contemplada indiretamente, pois hoje ficou mais fácil contratar médico para o PSF graças a vinda dos estrangeiros”, explicou João Paulo.

Ele lembra do primeiro edital, agosto de 2013 do Mais Médico, onde menos de 20% dos médicos que aderiram ao programa eram brasileiros e que a ordem se inverteu no edital deste de janeiro deste ano, quando 80% dos profissionais que aderiram foram brasileiros, o que demonstra, segundo Paulo, que o Mais Médicos veio fortalecer a atenção básica.

Sobre a realidade incômoda de alguns municípios da regional Patos não cumprirem metas de indicadores, a exemplo de vacinação contra gripe, João Paulo diz que é preciso acontecer maior fluxo de informações, empenho dos gestores, profissionais de saúde, intensificação de parcerias com a sociedade organizada, escolas, igrejas, clubes de serviços, com a comunidade.

Reunião secretários


Durante a reunião dos secretários na manhã desta terça-feira houve destaque para o 3º Congresso Norte-Nordeste de Secretários Municipais de Saúde que acontece no próximo mês, 9 a 12, no Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima. Outro assunto da pauta foram os exames por imagem referenciados por Patos. Desde outubro do ano passado que havia discussão sobre os valores de tais exames, que se encontravam defasados e os municípios decidiram fazer uma complementação orçamentária para evitar que as clínicas credenciadas suspendessem os serviços. 

Prefeita Francisca Motta visita obras e acompanha entrega de doações do Banco de Alimentos

A prefeita de Patos Francisca Motta, acompanhada da secretária de Desenvolvimento Social, Helena Wanderley, visitou na tarde dessa segunda-feira (11), as associações de moradores dos bairros Jardim Queiroz e Noé Trajano, onde acompanhou a entrega do Banco de Alimentos.

Durante à visita ao bairro Noé Trajano, a prefeita destacou a importância do complemento alimentar doado às famílias, e afirmou o compromisso de melhorar ainda mais a quantidade e variedade dos alimentos.

Francisca Motta também aproveitou a oportunidade para comunicar o início das obras da Praça do Noé Trajano, que será composta de academia de saúde, área para caminhada, quadra de areia, playground, pista de skate, arborização, entre outros equipamentos.

A presidente da Associação de Moradores do bairro Noé Trajano, Francisca Aparecida (Cida), parabenizou o trabalho do Banco de Alimentos e destacou a construção da praça para o bairro como sendo um projeto que valorizará e muito àquela área.

Já a secretária de Desenvolvimento Social, Helena Wanderley, disse que a prioridade da prefeita tem sido visitar as associações de bairro, e com isso fortalecer o vínculo da gestão com as comunidades, ainda mais quando as visitas são associadas à doação do Banco de Alimentos. “As doações estão bem recheadas, uma vez que temos milho, macaxeira, batata doce, jerimum, goiaba, mel de abelha, ou seja, estamos proporcionando uma segurança alimentar para essas famílias e também desenvolvendo novas parcerias para que essas doações sejam ampliados e contemplem alimentos como carne, frango, entre outros”, contou a secretária.  

As doações do Banco de Alimentos são provenientes de uma parceria junto à CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), e são distribuídas para as famílias cadastradas em cada associação de bairro da cidade de Patos. 


coordecom

Governo do Estado inicia processo de outorga e homologação de pistas em 12 cidades paraibanas


O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Representação Institucional em Brasília, iniciou o processo de outorga e homologação das pistas de pouso e decolagem de doze cidades paraibanas. A documentação foi entregue à Secretaria de Aviação   Civil na manhã desta terça-feira (12), pelo secretário de Representação Institucional em Brasília, Lindolfo Pires.

Através do documento, é solicitada a autorização de funcionamento dos aeródromos de Sousa, Cajazeiras, Patos, Itaporanga, Guarabira, Princesa Isabel, Catolé do Rocha, Picuí, Pombal, Cuité, Conceição e Monteiro. O secretário de Representação Institucional em Brasília, Lindolfo Pires, foi recebido pelo diretor de Outorgas da Secretaria de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann. “Com isto, o Governo do Estado confirma o interesse e tomará medidas para adequação e preparação para homologação dos referidos sítios aeronáuticos”, reforça Lindolfo Pires.

Secom

Jogos Escolares: Mãe D’água Domina Etapa Regional realizada em Patos-PB e Vai em Busca do 10º Título Estadual de Xadrez.



Mais uma vez o município de Mãe D’água-PB demonstrou força na competição de Xadrez da Etapa Regional de Patos dos Jogos Escolares da Paraíba, Categoria A (12 a 14 Anos), que foi realizada no último sábado, 09, no Auditório da Sexta Regional de Educação, em Patos-PB.

Os Enxadristas Gutemberg Júnior e Mateus Alves, ambos de 12 anos e alunos da Escola Municipal Manoel Nunes Trindade, conquistaram os 1º e 2º lugares na disputa masculina. A 2ª colocação ficou com a aluna Vitória Fernanda, também da Escola Municipal Manoel Nunes Trindade do município de Mãe D’água.

As partidas foram marcadas pela competitividade, tanto no masculino, quanto no feminino, sobressaindo-se os competidores mais experimentados, a exemplo de Gutemberg Júnior que já vem participando de competições adultas e também de competições nacionais. Este foi marcado pelo grande número de participantes, fato que valorizou ainda mais os feitos alcançados pelos alunos do município de Mãe d’Água-PB. O município segue dominando o quadro geral de conquistas dessa Etapa dos jogos com 18 triunfos e a incrível marca de 38 medalhistas desde 2007, quando foi democratizada a realização da competição estadual, e busca com Gutemberg Júnior a sua 10ª conquista estadual.

Outros alunos maedaguenses já foram destaques em campeões estaduais de Xadrez e já representaram o estado nas 5 regiões do país em competições nacionais, a exemplo de Myllena Cabral, 17, atual tricampeã escolar (2012-2013-2014) e atual campeã absoluta do Estado,esteve em Poços de Caldas-MG (Região Sudeste) em 2012, Belém-PA (Região Norte) em 2013 e em João Pessoa-PB (Região Nordeste) em 2014, nas respectivas Etapas Nacionais, sempre com classificação entre as 10 primeiras. Heitor Ribeiro, 17, campeão paraibano em 2012, esteve também em Poços de Caldas-MG em 2012. Aline Mota, campeã paraibana em 2010, representou o estado em Goiânia-GO (Região Centro-Oeste). Mateus Mota, 17, campeão em 2010 também representou a nossa Paraíba em Fortaleza-CE (Região Nordeste), Fabiana Mendes, 18, foi campeã paraibana em 2009 e representou o Estado em Maringá-PR (Região Sul) e por último, Rebeca Barros, 22, bicampeã estadual 2007-2008, tendo marcado até hoje o melhor desempenho em competições nacionais escolares do estado, ficando em 4º lugar no ano de 2008.


Os alunos são treinados pelo Professor Severino Amâncio de Morais Neto, 48, (Biu do Xadrez) que há mais de 10 anos implantou essa prática esportiva nas escolas do município. Biu destaca com orgulho as colocações dos alunos de Mãe d’Água nas competições dos Jogos Escolares realizadas todos os anos. “Importante esclarecer que em 2011, único ano que Mãe D’água não conquistou título estadual, ocorreu um fato lamentável. A Gestão Regional dos Jogos Escolares não comunicou a data da competição estadual, que teria a participação dos campeões regionais daquele ano, Mateus Mota e Myllena Cabral, fato que ainda hoje indigna toda a sociedade maedaguense, ambos competidores de nível nacional que foram castrados, inexplicavelmente do simples direito de competir na Etapa Estadual, desrespeitando o mérito da conquista regional. Até esta data a única maneira que encontraram de derrotar o Xadrez de Mãe D’água, impedindo-o de competir”, lamentou o professor Biu.

Célio Martinez

Arquivo do blog