Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Liliane Sena fala sobre ações da 6ª Gerência de Saúde e tira dúvidas de ouvintes






A gerente da 6ª Regional de Saúde, que compreende Patos e mais 23 municípios, Liliane Sena, participou nesta terça-feira 13 do programa de entrevistas Cidade Debate, da Rádio Itatiunga, apresenta pelos jornalistas Vicente Conserva, Jamerson Ferreira e Igor Rodrigues.
Foi um momento de muitas informações repassadas à sociedade sobre as funções da Gerência, sua articulação com os demais municípios em torno das campanhas de conscientização sobre inúmeras doenças, a exemplo das transmitidas pelo Aedes Aegypti, como Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, associada à Microcefalia, uma patologia que preocupa o mundo na atualidade, além das campanhas de imunização humana e animal, recebendo forte apoio da Vigilância Ambiental.

Um dos setores mais importantes para boa parcela da população, o Centro Especializado de Dispensação de Medicamentos Excepcional (Cedemex), norteou grande parte da entrevista. É um setor de extrema importância para a saúde pública para quem precisa de tratamento, fazendo uso de medicamentos, vários bastante caros, custeados pelo SUS, e que não cabem no orçamento dos pacientes.

Liliane falou sobre o processo para ter direitos a essa medicação especial, onde tudo começa na atenção primária, a documentação necessária, laudo médico. Destacou a regularização da oferta de alguns medicamentos, a exemplo de insulinas, que vinham sofrendo atrasos, devido problemas no fornecimento dos laboratórios. 

O programa com telefone aberto à população foi importante para essa interação da gerência com os usuários do SUS, que muitas vezes não conhecem os trâmites legais, os protocolos que devem ser seguidos para o direito aos inúmeros remédios disponibilizados.

Outro tema abordado foi a necessidade de uma reunião, que acontecerá em breve, com os gestores municipais, prefeitos, secretários de saúde, sejam aqueles reeleitos ou recém-eleitos, para que possam conhecer não apenas os direitos, deveres previstos na pactuação do SUS, mas também a cartografia desenvolvida pelos apoiadores da 6ª Gerência de Saúde, que mostrarão toda a estrutura disponibilizada pelos municípios, como a parceria pode ser ampliada com a gerência para melhorar a tenção básica em cada localidade.

“Essa reunião, que estamos provocando e em breve realizaremos com os gestores, é algo crucial para que compreendam melhor o teor da legislação, das portarias ministeriais, das responsabilidades e também de todo o apoio que oferecemos, desde capacitações, acompanhamento in loco das atividades de saúde pública, da logística que a Secretaria de Estado da Saúde disponibiliza a todos os municípios”, comentou Liliane. 

O jornalista Vicente Conserva, após a entrevista, destacou o nível da entrevistada e do conteúdo bastante esclarecedor para a população, que pode interagir tirando dúvidas sobre seus direitos e serviços oferecidos.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Mais de 9,4 mil funcionários aderem ao plano de aposentadoria do BB

O Banco do Brasil informou hoje, em comunicado ao mercado, que 9.409 empregados aderiram ao Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (Peai). A adesão ao plano estava aberta até a última sexta-feira (9). O público potencial que poderia aderir ao programa era de 18 mil pessoas.
 
Com essa adesão, o banco terá despesas com pagamento de incentivos em 2016 de R$ 1,4 bilhão. Entretanto, em 2017 a estimativa é de redução de despesas com pessoal no valor de R$ 2,3 bilhões.
 
No dia 21 de novembro, o banco anunciou medidas de reestruturação, como fechamento de agências, ampliação do atendimento digital, redução de jornada de trabalho e o Peai.
 
Por meio do plano, o banco concedeu incentivo de desligamento correspondente ao valor de 12 salários, além de indenização pelo tempo de serviço, que varia de um a três salários, a depender do tempo de banco (entre 15 e 30 anos completos). Para aderir era preciso já estar aposentado pela Previdência Social ou ter 50 anos de idade e, no mínimo, 15 anos de trabalho no banco.
 
 
Agência Brasil

Governo realiza Seminário Emocional e Social e consolida método da cultura de paz

Conferencista João roberto de Araújo


O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), realiza, nesta quarta-feira (14), o I Seminário de Educação Emocional e Social na Paraíba: “Reflexões sobre o valor das emoções e a construção da autoestima”. O evento será realizado das 8h às 17h, no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra Mineiros, no Bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

A ação tem como objetivo divulgar os resultados obtidos nos últimos quatro anos nas escolas da Rede Estadual de Ensino e reforçar os vínculos entre líderes, educadores e gestores das 14 Gerências Regionais de Educação (GREs). Além disso, será um momento de compartilhamento, diálogo e reflexão coletiva com representantes da esfera pública e acadêmica sobre a importância da Educação Emocional e Social.

Desde 2013, a Metodologia Liga Pela Paz está presente nas escolas e nas famílias colaborando com a redução da violência, a melhoria da convivência e da aprendizagem, bem como com o desenvolvimento pessoal e profissional de educadores, beneficiando cerca de 100 mil alunos do Ensino Fundamental, mais 180 mil famílias e 4.800 educadores.

A partir de uma avaliação de resultados baseada em inventários aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia, observou-se que 76% dos alunos avaliados adquiriram habilidades socioemocionais, melhorando seus relacionamentos, o nível de autocontrole e a assertividade ao apresentar suas emoções e defender seus direitos.

De maneira geral, constatou-se um aumento de 28% nos Comportamentos Socialmente Habilidosos e 27,4% nas Habilidades Acadêmicas, ou seja, alunos mais calmos, focados nos estudos e participativos. Além disso, a iniciativa conseguiu reduzir em 32% os Comportamentos Problemáticos, isto é, crianças e adolescentes vivenciam menos violência contra si e contra o outro, como o bullying, apresentando menos tristeza, hiperatividade e ansiedade excessiva, tanto no ambiente familiar quanto na comunidade escolar.

Serviço:
Programação
Manhã:
Credenciamento e café de boas-vindas: 8h às 9h
  • Sessão de abertura: 9h às 9h30
Secretário de Estado da Educação – Aléssio Trindade
Secretária Executiva de Gestão Pedagógica – Roziane Marinho
  • O pioneirismo da Paraíba com Educação Emocional e Social e os desafios para a consolidação: 9h30 às 10h
Secretária Executiva de Gestão Pedagógica - Roziane Marinho
  • O educador face às turbulências da vida e do trabalho: 10h às 11h
Professor João Roberto de Araújo
  • O Teatro das Emoções - a Vida Imita a Arte:11h às 12h

Tarde:
  • Mesa-redonda “A iniciativa pública e privada unidas pelo enfrentamento à violência”: 13h30 às 15h
Dr. José Godoy-Procurador Regional dos Direitos do Cidadão da Paraíba / Ministério Público Federal
Dra Ana Raquel-Promotora da Educação
Guiseppe Tosi - Núcleo DH/UFPB
Lúcia de Fátima Guerra Ferreira -Núcleo DH/UFPB
Mediação: Secretária Roziane Marinho
  • Educação Emocional e Social na voz dos educadores – 15h às 16h30
Relatos de experiências e apresentação de resultados
  • Encerramento – 16h30 às 17h
Apresentação Artística de Alunos

sábado, 10 de dezembro de 2016

Maternidade de Patos completa 45 anos e se consolida como unidade de referência no atendimento à saúde da mulher no sertão




Unidade, que integra a rede estadual de saúde,  contabilizou somente de janeiro a outubro deste ano 3.451 partos,  o equivalente a cerca de 11 nascimentos por dia

A maior parte dos registros se perdeu ao longo do tempo, consequência de sucessivas administrações e até de um pequeno incêndio no setor administrativo, mas, o fato é que nos seus 45 anos de atuação, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, tem prestado relevantes serviços à mulher como referência no atendimento de ginecologia e obstetrícia e procedimentos diversos destinados, exclusivamente, ao público feminino. Administrada desde junho de 2013 pela Organização Social Instituto Gerir, através de um contrato de pactuação com o Governo Estadual, a unidade foi construída pela Sociedade de Proteção e Assistência a Infância e inaugurada pelo governador Ernani Sátiro, no dia 15 de novembro de 1971. O político foi também o responsável por destinar os recursos para construção da Maternidade quando era deputado.

Nos últimos anos, a Maternidade também se consolidou como referência em gravidez de alto risco e já na gestão do Gerir, em 2013, passou a disponibilizar mastectomia (retirada da mama) pelo Sistema Único de Saúde (SUS) facilitando a vida das pacientes que  não mais precisam viajar para Campina Grande ou João Pessoa para ter acesso a esse procedimento, firmou convênio com o Circor do Hospital Português em Recife para identificar cardiopatias congênitas através exames à distância, implantou um novo serviço de governança e desde o ano passado dispõe de um ambulatório de Microcefalia, com equipe multidisciplinar, que acompanha crianças que nascem com a doença.

Além disso, a unidade dispõe de um Banco de Leite que mantém o Padrão Ouro de certificação em prestação de serviço e é referência em sua área de atuação. Na última década, a unidade tornou-se Hospital Amigo da Criança ao adotar posturas internacionais de atendimento ao Recém Nascido, instituiu o parto humanizado, passou a atuar com o serviço de Mãe-Cangurú e recebeu equipamentos de última geração para atender bebês prematuros e mães em situação de risco. Na maternidade, as mulheres também têm acesso a exames de Mamografia e Radiodiagnostico.

Dados de junho de 2013 a outubro de 2016

 Com uma média de 330 partos/mês, a unidade é referência para cerca de 100 municípios paraibanos no atendimento de gestantes, inclusive com gravidez de alto risco.De junho de 2013, quando o Gerir começou a atuar, a outubro deste ano, foram realizados 13.502 partos na unidade. Neste mesmo período foram feitos 24.928 atendimentos de urgência e emergência, 2.217 consultas ginecológicas, 155.696 exames laboratoriais, 11.358 mamografias, 6.809 consultas ambulatoriais e 2.226 consultas de pré-natal de alto risco, além 694 cirurgias eletivas e mais 293 cirurgias de emergência. 

“É muito gratificante olhar para os números e as estatísticas da unidade que comprovam a nossa qualidade em prestação de serviços e, sobretudo ver a satisfação de nossas pacientes ao serem atendidas aqui”, argumenta o diretor clínico da Maternidade, Dr. Paulo Athayde, reforçando que os indicadores de melhoria refletem a realidade do dia a dia da unidade. “Temos o foco de melhorar, cada vez mais, os serviços, cumprindo o nosso principal objetivo que é o de humanizar, ainda mais, o atendimento salvaguardando, dentro das possibilidades o que a Medicina e os recursos técnicos disponibilizam, para preservar a saúde das pacientes e de seus bebês”, destaca ele. 

Para Dr. Paulo os poucos registros de mortes de RN e as intercorrências na maternidade frente ao grande número de partos e casos de alta complexidade atendidos na unidade, demonstram a excelência a eficácia no atendimento. “O ideal seria que não tivéssemos registro de óbitos, mas, há casos em que os recursos técnicos e a Medicina não são suficientes para salvaguardar a vida, mas, felizmente, na nossa maternidade esses índices estão muito abaixo das taxas registradas em nível regional e nacional e até em países do primeiro mundo, onde normalmente estes índices deveriam ser menores”, destaca o diretor da Maternidade.

De acordo com o  Coordenador Regional da PB do Instituto Gerir, Dr. Nasser Tannus, o balanço dos últimos três anos tem sido bem positivos, atestam a evolução da unidade e comprovam que a gestão pactuada em Patos melhorou o atendimento e maximizou os serviços na Maternidade. “Com metas sendo alcançadas e até ultrapassadas, conseguimos não só atender com competência todas as nossas pacientes, como ampliar serviços, melhorando a qualidade do atendimento às mulheres no sertão paraibano”, afirma Dr. Nasser.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Aesa discute seca e gestão das águas no Encontro Estadual de Comitês de Bacias


A situação dos açudes paraibanos, a transposição do rio São Francisco e a importância dos comitês na gestão das águas vão ser discutidas no 5º Encontro Estadual de Comitês de Bacias Hidrográficas. O evento, organizado pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) e comitês de bacia, é aberto ao público e as inscrições podem ser realizadas no site www.aesa.pb.gov.br. Os debates acontecerão na próxima terça-feira (13), em João Pessoa. 

A primeira palestra, prevista pra iniciar às 9h30, tem como tema “A crise hídrica na Paraíba” e será ministrada pelo presidente da Aesa, João Fernandes da Silva. Durante a apresentação vão ser detalhadas as situações dos principais açudes paraibanos e o andamento das obras da transposição do rio São Francisco. 

“Nesta quinta-feira (8), estivemos com o responsável pelo acompanhamento das obras da transposição. O diretor de projetos estratégicos do Ministério da Integração Nacional, Antônio Luitgards Moura, nos passou informações importantes sobre o andamento no Eixo Leste. Na ocasião, apresentamos a situação crítica de Campina Grande e reforçamos a importância da conclusão do trecho de Monteiro”, informou Fernandes. 

De acordo com o presidente da Aesa, dos 124 reservatórios monitorados pelo Governo do Estado, 70 estão em situação crítica, com menos de 5% do volume total. Vinte e oito têm menos de 20% e 29 possuem mais de 20%. “O açude Epitácio Pessoa, que abastece Campina Grande e mais 18 municípios, tem capacidade para mais de 411 milhões de metros cúbicos, mas tem apenas 21 milhões. O que corresponde a pouco mais de 5%”, ressaltou. 

Durante o 5º Encontro Estadual de Comitês de Bacias Hidrográficas também vão ser discutidos: as perspectivas climáticas para 2017, a situação das nascentes dos rios do Litoral Sul, a importância dos comitês para o Sistema de Gerenciamento dos Recursos Hídricos e os pagamentos por serviços ambientais. 

Parlamento das Águas - Desde 2006, a Paraíba possui três colegiados estaduais: Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba, das Bacias Hidrográficas do Litoral Norte e das Bacias Hidrográficas do Litoral Sul. Eles foram criados em por meio de decretos do Governo do Estado. Além dos rios estaduais, a Paraíba divide com o Rio Grande do Norte o Comitê das Bacias Hidrográficas do rio Piancó-Piranhas-Açu, esse de âmbito federal, criado em 1996 pelo Ministério do Meio Ambiente. Outras informações sobre comitês de bacias estão disponíveis no site www.aesa.pb.gov.br.

PRF prende dupla portando 3 Kg de cocaína




Dois homens foram presos com três quilos de cocaína pela polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite de ontem (8), na BR 101 Norte, no município de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa.

Agentes do Núcleo de Operações Especiais (NOE) da PRF abordaram um GM Classic que estava parado no acostamento da rodovia. Nele, havia dois rapazes. Durante a revista ao veículo os policiais encontraram três tabletes de cocaína. Os dois disseram que vieram do Rio Grande do Norte, onde conseguiram a droga. Um deles já responde pelo crime de tráfico de drogas.

O flagrante foi registrado na Delegacia da Polícia Civil em Santa Rita.

Ascom/PRF

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Câmara de Patos recebe vereadores eleitos para realizar entrega de Regimento Interno da Casa Legislativa





A Câmara de Vereadores de Patos realizou na manhã desta quarta-feira, dia 07 de dezembro, um evento de apresentação do Regime Interno da Casa Juvenal Lúcio de Sousa e dos servidores aos vereadores eleitos no último dia 02 de outubro.

O evento foi convocado pela presidente da Mesa Diretora, a vereadora Nadir Rodrigues (PMDB), que explicou que a reunião objetivou acolher os novos parlamentares mirins para colocá-los conhecedores do funcionamento da Casa Legislativa, do Regimento Interno, discutir a Lei Orgânica do Município bem como sobre as solenidades que irão ocorrer no próximo dia 15 (diplomação dos eleitos) e dia 1° de Janeiro de 2017 (a posse).

Ainda nesta quarta os vereadores eleitos receberam do diretor do Cartório Eleitoral o convite da solenidade da diplomação.

“O nosso intuito foi exatamente tirar as dúvidas que surgem, a gente já teve a oportunidade de estar parlamentar onde estamos concluindo nosso primeiro mandato e a gente sabe das dificuldades que enfrentamos quando é eleito vereador, haja vista que não existe nenhum curso preparatório para que você assuma um cargo tão grande e de responsabilidade, então, o objetivo da Câmara foi exatamente contribuir com esses novos parlamentares”, explicou Nadir Rodrigues.

Já o vereador eleito, Ramon Pantera (PTN), agradeceu a presidente da Câmara pelo evento, tendo em vista a preocupação pelo conhecimento do funcionamento da Casa Legislativa.

“É de suma importância a gente ter participado desse evento. Agradecer a presidente da Câmara, a vereadora Nadigerlane. Dizer que é importantíssimo porque a gente que vem chegando com primeiro mandato, tem esse interesse e preocupação de querer conhecer o Regimento Interno, a Lei Orgânica. E com pessoas competentes a gente sabe que os trabalhos vão ser bem elaborados e bem feito para que o povo não venha a dizer que deu seu voto em vão”, afirmou.

Ederlan Santos, o Goia, (PTN) classificou o vento como gratificante e garantiu que os servidores da Câmara podem se sentirem abraçados por ele enquanto novo parlamentar mirim, pois, irá lutar pelos seus interesses.

A vereadora do PRTB, Edjane Araújo, também fez uma avaliação do encontro.

“Foi de grande importância, uma vez que o procurador jurídico dessa Casa esteve presente tirando as dúvidas da maioria dos vereadores a cerca de acúmulo de funções públicas, do próprio Regimento Interno dessa Casa e da Lei Orgânica do nosso município. Então essa Casa, em nome da presidente Nadigerlane Rodrigues e dos demais vereadores está de parabéns e eu acredito que o objetivo maior é que a Legislatura 2017/2020 seja abençoada por Deus e que os parlamentares dessa Casa possam corresponder com a sua responsabilidade diante da sociedade de Patos”, disse.

Assessoria

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Polícia realiza operação e prende 10 pessoas suspeitas de tráfico na região de Itabaiana


O trabalho integrado das Polícias Civil e Militar na Paraíba resultou na prisão de 10 pessoas suspeitas de tráfico de drogas nas cidades de Ingá e Itatuba. A operação, intitulada ‘I 2’ em referência à inicial do nome dos dois municípios, foi realizada nesta terça-feira (6) por policiais da 9ª Delegacia Seccional de Polícia Civil e 8º Batalhão de Polícia Militar, ambos com sede em Itabaiana e pertencentes à 9ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp).

As investigações sobre a atuação dos presos nesses municípios foram iniciadas há pelo menos um ano, todos envolvidos na comercialização de drogas e pertencentes a bocas de fumo, atuando separadamente em Ingá e Itatuba. Dos mandados cumpridos, um foi em Ingá, seis em Itatuba e o restante em João Pessoa. A operação contou com mais de 70 policiais civis e militares.

Foram presos: Antônio Marcos Barbosa da Silva, o Peba, 20 anos; Renan Trigueiro, o Renan Bracinho, de 22 anos; Gebison Genival Alexandre de Souza, Jepinho, de 22 anos; Manoel Messias da Silva Santos, o Erem, 26 anos; Danilo da Silva Vieira, Danilo, de 26 anos; Sérgio Antônio Leal da Silva, ‘Toin de Suleiro’, 36 anos; Jonathas Leonardo Oliveira Lacerda, 20 anos. Todos foram conduzidos à unidade policial de Ingá, de onde serão encaminhados para unidade prisional.

Queima de arquivo: Homem morto no Bessa era procurado pela polícia

A Polícia Civil, através da Delegacia de Defraudações e Falsificações da capital, prendeu na tarde desta segunda-feira, 5, um pernambucano e a esposa do homem executado no bairro do Bessa, na Zona Leste da Capital, no início da tarde desta segunda. Segundo investigações da polícia, a vítima havia sido executada por membros de uma organização criminosa especializada na negociação de imóveis com documentos falsos e atuação em diferentes estados, grupo do qual o homem fazia parte. Ele teria sido morto em virtude de discussão envolvendo a partilha dos lucros obtidos nas fraudes cometidas. 
De acordo com o delegado Lucas Sá, da DDF, que retomou um fato passado para explicar as investigações que levaram às novas prisões, no dia 29 de junho de 2016 a Polícia Civil prendeu em flagrante um outro pernambucano, que veio a João Pessoa e se hospedou na casa do homem morto e da viúva detida. Ele foi preso negociando um imóvel no valor de R$ 250 mil com a utilização de documentos falsos. “Naquela ocasião, apenas ele foi preso em flagrante. No entanto, a DDF descobriu que o suspeito fazia parte de uma organização criminosa do estado de Pernambuco, especializada na negociação de imóveis abandonados com a utilização de documentos falsos”, disse Lucas Sá, afirmando que assim o casal foi identificado. Conforme revelou o delegado, marido e mulher vinham respondendo a processos em tramitação na Justiça Criminal de João Pessoa.
“Na manhã desta segunda-feira, a DDF tomou conhecimento de que outro imóvel estaria sendo negociado pela mesma organização criminosa, tendo sido produzida uma procuração pública falsa”, Sá continuou explicando. Ele disse que o documento foi emitido em nome do homem assassinado, que negociou o imóvel pela quantia de R$ 500 mil. Uma equipe da Polícia Civil foi deslocada até uma agência bancária, mas os suspeitos haviam saído do local poucos minutos antes. O grupo continuou à procura dos suspeitos, mas, antes que fossem localizados, a vítima foi executada.
A DDF continuou a apurar a conduta criminosa e descobriu que os valores obtidos na negociação foram depositados nas contas bancárias da viúva, demonstrando que ela tem recebido valores provenientes das fraudes desde que os primeiros fatos foram descobertos (junho/2016), integrando efetivamente a organização criminosa. Ela compareceu à Delegacia de Homicídios, na Central de Polícia Civil de João Pessoa, acompanhada de um homem também identificado como membro da organização criminosa e comparsa do casal.
“Assim que os dois foram liberados pela Delegacia de Homicídios, a DDF deu voz de prisão pela prática do crime de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa, crimes estes diretamente relacionados ao crime de homicídio. A DDF atuou em conjunto com a Delegacia de Homicídios, descobrindo elementos importantes para a investigação do assassinato ocorrido, bem como para a prática das diversas fraudes em execução, que geram um elevado ganho financeiro para a organização criminosa”, concluiu o delegado.
A polícia descobriu, ainda, a participação de pelo menos mais três outras pessoas, envolvidas nas condutas investigadas, de maneira que mais suspeitos poderão ser presos nos próximos dias.
wscom com Sdes

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

52 homens fazem exame de próstata em campanha desenvolvida pela Agevisa Patos






A saúde do homem mais uma vez foi trabalhada, a exemplo de 2015, pela Agevisa – Agência Estadual de Vigilância Sanitária de Patos, dentro da campanha mundial do Novembro Azul, que visa conscientizar o público masculino de buscar os serviços de saúde e se prevenir contra o câncer de próstata, um dos que mais matam no mundo, quase 300 mil óbitos em 2013.

Em parceria com a 6ª Gerência Regional de Saúde, e outras instituições, a 3ª Gerência Regional da Agevisa, Patos, ofereceu há oito dias vários serviços de saúde aos homens, além de uma importante palestra com o urologista Eliseu de Melo, que deu grande ênfase ao câncer de próstata. Após a palestra o médico se comprometeu a examinar todos os homens que estiveram na sua palestra.

Durante a semana passada a Agevisa colheu nomes de todos os interessados em fazer o exame do toque. Inicialmente seriam realizados 40 exames, mas foram chegando mais homens e ao final da tarde desta segunda-feira (5) tinham sido atendidas pelo médico 52 pessoas, a maioria funcionários da saúde. Antes de entrevistar e examinar cada um, Dr. Eliseu reuniu todos e fez uma breve palestra sobre a necessidade da prevenção e explicou como se daria o exame, já que muitos ainda não haviam feito. “O exame é muito simples, rápido e pode detectar precocemente o câncer”, comentou Eliseu.

Para a gerente regional da Agevisa, Elza Barbalho, foi gratificante desenvolver, novamente, essa ação conscientizadora, contribuindo para que o público masculino cuide-se mais, faça exames preventivos. “A gente agradece a todas as entidades que contribuíram para o sucesso da campanha Novembro Azul, ao Governo do Estado, aos homens que atenderam ao chamado e ao médico Eliseu de Melo, um grande e solidário parceiro nessa importante jornada de saúde do homem”, comentou Elza.


Marcos Eugênio

Novembro Azul é encerrado em Quixaba com realização de exames de próstata





Após a palestra realizada na última segunda-feira, 28 de novembro, sobre a saúde do homem e a importância de medidas preventivas para uma vida mais saudável, foi a vez das habituais consultas e exames de próstata em prol do “Novembro Azul”, bancadas pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde, e que, ano após ano, ganham mais adeptos na população masculina de Quixaba.

Quase 120 homens compareceram, desde cedo, à Unidade Básica de Saúde Robson Carneiro (onde funciona o PSF), nessa manhã de domingo, 04 de novembro, para os exames, que foram feitos pelo urologista Dr. Eliseu.

O atendimento compreendia uma consulta, onde o paciente poderia apresentar (caso tivesse em mãos) seu exame Antígeno Prostático Específico (PSA) ou ultrassom, e o exame de toque retal, em que a superfície da próstata do paciente é tocada para sentir um eventual tumor.

Além de Dr. Eliseu, profissionais da saúde de Quixaba também acompanharam de perto todo o processo e ajudaram o urologista na realização dos exames.

O crescimento gradativo de homens interessados em cuidar da sua saúde tem empolgado o Secretário de Saúde José Segundo, que vê no “Novembro Azul” de 2016 a confirmação do sucesso das ações em prol da saúde do homem.

“É muito gratificante para nós, que estamos à frente da Saúde Municipal, ver que, a cada ano, a população masculina se interessa mais com ações como essas. Em 2015, tivemos pouco mais de 80 homens, e este ano, quase 120 (cerca de 30% da população masculina) realizaram a consulta de prevenção de próstata. Um número bastante expressivo e que ratifica o sucesso do ‘Novembro Azul’”, disse Segundo.

E o Secretário adiantou que, com o sucesso do evento, a saúde municipal idealiza, para 2017, implantar um novo sistema de atendimento ao homem no município, onde cada um escolherá o horário mais adequado para ter acesso ao atendimento médico. A ideia inicial é de que esse horário seja à noite, dando folga aos profissionais da saúde no período matutino.

“A maioria dos homens de Quixaba trabalham nos turnos da manhã e tarde e, por conta disso, têm dificuldade em vir procurar um médico. Com esse novo sistema que pretendemos implantar na gestão da Prefeita Cláudia, a ideia será valorizar ainda mais a saúde do homem para que, nos próximos anos, aumente o número deles procurando serviços da saúde municipal”, concluiu o Secretário.

Palestra

Durante os exames de próstata, a equipe de Epidemiologia de Quixaba aproveitou para fazer uma pequena palestra para os presentes a respeito dos riscos do surgimento do mosquito que causa a Dengue, Zika Vírus e Chikungunya. Com a iminência de chuvas no início do próximo ano, sempre fica o alerta, nesta época, para que medidas que coíbam o surgimento do mosquito sejam tomadas: cobrir caixas d’água e cisternas, esvaziar garrafas, não deixar água acumulada em pneus, evitar o acúmulo de lixo estão entre as ações que fazem a diferença no combate ao surgimento do mosquito.


 Eduardo Silva
Fotos: Secretaria Municipal de Saúde de Quixaba


sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Aedes: Instituições se mobilizam para conscientizar população





O Dia Nacional de Combate ao Aedes foi celebrado, nesta sexta-feira 02 de dezembro, de forma bastante efetiva por diversas instituições da cidade de Patos. Organizado pela 6ª Gerência Regional de Saúde, o evento reuniu Prefeitura, Corpo de Bombeiros, Funasa, Cagepa, Corpo de Bombeiros, Agevisa, Gerência Regional de Educação, Agentes de Endemias, Agentes Comunitários de Saúde, III BPM, STTrans e alunos da rede estadual de ensino.

Houve um momento no auditório da 6ª Gerência de Saúde, onde a gerente Liliane Sena falou da necessidade de engajamento de todos os profissionais da saúde, bem como de toda a sociedade no combate ao mosquito Aedes Aegypti. “Cada cidadão tem que ter a responsabilidade de fazer sua parte, como também nós ligados à saúde, o compromisso de desempenhar bem nossas funções perante a sociedade, com ações preventivas”, comentou Liliane.

Em seguida houve apresentação de slides mostrando a situação do índice de Infestação Predial dos 24 municípios da jurisdição Patos, apontado pelo recente LIA/LIRA, levantamento amostral, feito pela Vigilância Ambiental.

Eugênio Pacceli, da Vigilância Ambiental da 6ª GRS, falou sobre os fatores que mais preocupam para 2017, quando se fala em dengue, Chikungunya e Zika. Questões como inverno irregular, intermitência (intervalo) no abastecimento de água, saneamento básico praticamente inexistente na região, armazenamento improvisado de água pela população, são motivos de extrema preocupação dos órgãos de saúde pública. “Na região Nordeste do Brasil, mais de 75% dos locais de reprodução do mosquito Aedes aegypti surgem devido ao armazenamento de água inadequado”, lembra Eugênio.

Algumas medidas, de combate ao mosquito, foram apontadas para curto e médio prazo. Dentre elas estão: centrar o foco da ação na eliminação do criadouro; priorizar investimentos em melhoria da gestão dos serviços de saneamento, com foco na redução do racionamento de água e abastecimento; redirecionar as manobras na rede para as áreas mais vulneráveis, por equidade; reorientação dos serviços de limpeza urbana e coleta de resíduos sólidos para áreas mais vulneráveis; realização de mutirões emergenciais de limpeza urbana: resíduos sólidos e drenagem e articular as ações dos órgãos de saúde: Equipe Saúde da Família, Vigilância Epidemiológica e Vigilância em Saúde Ambiental.

Após essa breve reunião na sede da Gerência de Saúde, todos saíram em caminhada portando cartazes e conclamando a população, através de carro de som, a unir forças contra o Aedes. A passeata seguiu até a Praça Getúlio Vargas, onde a campanha teve continuidade, com falas alertando sobre os perigos da presença do mosquito, que precisa ser combatido por todos.

As manifestações do Dia Nacional de Combate ao Aedes aconteceram por toda a regional Patos. Cada município recebeu, através da Gerência de Saúde, material informativo e foi às ruas trabalhar a educação, a conscientização dos habitantes.

Marcos Eugênio (GRS)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

6ª Gerência de Saúde participa de Dia Nacional de Mobilização contra o Aedes Aegypti





A 6ª Gerência Regional de Saúde, com sede em Patos, participa nesta sexta-feira 02 de dezembro do Dia nacional de mobilização contra o Aedes Aegypti. Pela programação, haverá na sede da Gerência, abertura da mobilização, às 8h30. Em seguida haverá uma caminhada até a Praça Getúlio Vargas, onde haverá explanações de técnicos e gestores de saúde, campanha corpo a corpo com a população, que receberá material informativo sobre os cuidados com o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e Zica Vírus.

O Corpo de Bombeiros realizará uma blitz educativa na Rua do Prado, com o mesmo propósito, de conscientização da população sobre os perigos provenientes do Aedes. Durante toda essa semana a Vigilância Ambiental realizou trabalho de inspeção em todas as repartições públicas do Estado, como hospitais, III BPM, Emater, Cagepa, Detran, dentre outros, em busca de criadouros do mosquito, associando a essa ação o trabalho educativo e de prevenção.   

A 6ª Gerência desenvolve essa ação concomitantemente com todos os 24 municípios de sua jurisdição. “Trata-se de uma atividade de suma importância para que a sociedade permaneça vigilante a fim de evitar, combater, eliminar qualquer tipo de criadouro do mosquito Aedes. Estamos oferecendo todo e qualquer apoio aos municípios para que possamos vencer essa guerra contra o mosquito, que tem trazido sérias consequências para a saúde pública”, comentou Liliane Sena, gerente regional de saúde.

Eugênio Pacceli, técnico da Vigilância Ambiental, destacou a importância dos habitantes terem algumas atitudes preventivas, a exemplo de manter os reservatórios de água sempre bem fechados para evitar o surgimentos de criadouros do Aedes; a eliminação do lixo domiciliar, reduzindo-se ao máximo as chances de reprodução do mosquito. Ele lembra da aproximação do período de chuvas, propício para a reprodução do inseto, sendo preciso que todos estejam atentos e redobrem os cuidados.


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Funcionários de hospitais de Patos recebem treinamento em humanização e gestão em saúde


Kalline Araújo



Liliane Sena


Numa promoção do Governo do Estado, através da 6ª Gerência Regional de Saúde, funcionários dos hospitais Infantil Noaldo Leite e Regional de Patos Dr. Janduhy Carneiro, participaram de um treinamento, dividido em dois momentos: Humanização: “Um olhar cuidadoso para o cuidador” e “Gestão e Liderança”, tendo como facilitadora a coaching e mestranda em Saúde da Mulher, Kalline Araújo, do Rio de Janeiro.

O evento aconteceu no auditório do Samu, parceiro, com o curso sendo oferecido a duas turmas, sendo a primeira na última sexta-feira 25, e hoje à segunda. O treinamento teve como objetivo principal oferecer um acolhimento melhor dentro da gestão hospitalar, não apenas ao paciente, mas ao acompanhamento. Para isso a necessidade de manter o processo de educação permanente, atualizando conhecimentos dos funcionários. Nesse caso a capacitação foi oferecida aos maqueiros, pessoal do apoio, recepção  

“O tratamento em si começa pelo acolhimento, ao paciente e a seus familiares. Temos que aprender acolher bem. Ninguém procura os serviços de saúde no momento de alegria e sim de grandes dificuldades. O grande propósito desse encontro é fazer com que as pessoas retomem messe sentimento de humanização, de generosidade para acolher melhor nossos pacientes e com isso fazer a diferença de trabalho dentro do hospital”, explica Kalline.

Ela elaborou esse curso depois de sentir na pele o descaso do atendimento enquanto enfrentava problemas com o câncer, por colegas da saúde. Diz que imaginava que, por trabalhar numa profissão tão nobre, da saúde, onde é preciso se ter um olhar caridoso, acolhedor, as pessoas fossem tratá-la um pouco melhor. “A gente deixou de oferecer um atendimento humanizado em detrimento de um robotizado, frio, em que não há interesse pela dor do próximo”, essa situação a encorajou a desenvolver esse curso,

A valorização das descobertas emocionais, melhora da autoestima e das relações interpessoais, desenvolvimento de liderança na gestão foram amplamente alimentados nas abordagens das qualidades, dos pontos fortes, fracos, dos fatores motivacionais, autoavaliação da comunicação com o público, fizeram parte desse qualificação aos funcionários dos hospitais.

A gerente regional de Saúde, Liliane Sena, falou sobre essa proposta de educação continuada, dando ênfase à importância que representa o bom acolhimento a quem precisa dos serviços hospitalares. “É crucial ao paciente, seu acompanhante receber atenção, acolhida humanizada, com os funcionários demonstrando carinho, preocupação. Isso é algo que ajuda bastante, reduz estresse e contribui para tornar os serviços mais eficazes”, comentou.


Marcos Eugênio (6ª GRS)

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

16 Dias de Ativismo


 Panfletagem marca a abertura da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher



                               
Uma panfletagem, ao lado da Prefeitura de Patos, nesta sexta-feira, 25 de novembro, abriu a campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher. Esta ação foi realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), a Delegacia da Mulher de Patos, a Secretaria Executiva de Políticas para Mulheres e demais parceiros.

A campanha que acontece mundialmente tem como objetivo chamar a atenção e promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo, contando com o engajamento da sociedade civil organizada e do poder público.

Segundo a presidente do CMDM, Joana Darc Barbosa, essa ação é uma forma de apoiar as atividades desenvolvidas pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher. 

“Esse momento é de extrema importância porque marca em todo mundo o início da campanha, no Brasil a campanha começa no dia 20 de novembro, com o dia da consciência negra. Realizamos a distribuição de panfletos, apoiando a Delegacia da Mulher do nosso município, ressaltando que devemos falar para a mulher que, a mesma tem que denunciar a violência sofrida. Então, essa campanha se diversifica, mas mostra as diversas faces em que podemos dar visibilidade ao problema da violência, como também fazer esse chamamento para que possamos juntos enfrentar a violência”, comentou.  

A delegada da mulher, Tâmara Lenina, falou da importância desta campanha para o combate a violência contra a mulher. 

“Os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher é um momento de reflexão e de debates sobre todas as formas de violência contra a mulher e é importante dar esta visibilidade a esta causa para que possamos realmente reduzir os índices tão elevados que temos atualmente de violência contra a mulher. Esta panfletagem marca a abertura da campanha em nossa cidade onde teremos toda uma programação voltada para a conscientização”, destacou.  

Durante toda a campanha palestras e atividades serão desenvolvidas com o intuito de orientar e conscientizar patoense, de seus deveres e direitos.

Arquivo do blog