Compromisso com a verdade dos fatos

Bem-vindo ao blog Garimpando Palavras

sábado, 27 de julho de 2013

Professores de Patos aceitam proposta, mas se mantém mobilizados


A presidente do SINFEMP- Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região, Carminha Soares, afirmou que os professores de Patos em assembléia geral realizada na tarde de sexta-feira, dia 26 na Associação Comercial, aceitaram a proposta apresentada pela Secretaria de Educação, mas que irão se manter mobilizados, com nova assembléia marcada para o dia 5 de setembro de 2013.

A proposta apresentada a direção da entidade pela Secretaria Adalmira Marques foi de pagar as 30 (trinta horas) retroativo a 1° de julho do corrente, sendo aplicado os 5% (cinco por cento), mas em virtude da folha do mês de julho está pronta o retroativo será pago no mês de agosto. Já os 3% restantes, para completar o piso, será pago a partir do mês de setembro, conforme ficou acertado com a Prefeita Francisca Mota na negociação anterior.

Ficou definida nova assembléia com a categoria para o dia 5 de setembro de 2013 e caso não seja cumprido à proposta, a categoria decidirá por paralisação mais uma vez no município.

Além disso, foi escolhida uma comissão para fechar a proposta final do Plano de Cargos, Carreira e salários do magistério público municipal e todos querem a sua aprovação ainda no mês de agosto.

De acordo com a tabela, os professores do magistério terão aumento entre R$ 148,09 a R$ 194,94. Licenciatura de R$ 169,79 a R$ 222,18. Especialização de R$ 194,41 a R$ 252,97. Mestrado de R$ 222,31 a R$ 287,76. Doutorado de R$ 253,91 a R$ 327,06. Pós-Doutorado de R$ 289,68 a R$ 371,41. Veja tabela abaixo.

Para a sindicalista Carminha Soares, a luta da entidade é fazer cumprir o que determina a lei do piso nacional da categoria, correspondente às 30 horas semanais.

Foi discutida ainda a luta que o SINFEMP desenvolverá por eleições diretas para diretores de escolas e creches no Município de Patos, democratizando assim as direções.


sinfemp.com.br



Prefeitura de Patos reloca famílias que moravam em área de risco


A Prefeitura de Patos relocou na manhã desta sexta-feira, 26 de julho, quinze famílias que residiam em zona de risco e sub-habitação na comunidade Ana Leite, localizada junto à área próxima ao RodoShopping.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Habitacional, Everaldo Lima informou que a ação foi uma determinação do Ministério Público e está dentro do projeto da atual gestão em oferecer moradia, saúde e educação mais digna às famílias residentes em  localidades consideradas vulneráveis da Cidade.

“A Prefeitura está relocando essas famílias para moradias dignas, até porque nove famílias já foram contempladas com o programa Nacional da Funasa, de erradicação do barbeiro, e as outras seis já estão cadastradas no Programa Minha Casa Minha Vida”, ressaltou o Secretário.

Segundo a Secretária de Infraestrutura, Assunção Trindade, as construções foram feitas de forma irregular em lugares sujeitos a inundações precisando serem retiradas o mais rápido possível. “Quem passava pelo local via a periculosidade daquelas habitações. As casas foram construías abaixo do nível da rua, e, em caso de chuvas fortes elas corriam o risco de desabar e os moradores perderem tudo o que possuíam, correndo risco de morte ou de acidentes”, explicou.

A Prefeita Francisca Motta acompanhou os trabalhos de perto e garantiu que as famílias não serão prejudicadas. “As famílias que hoje estão no Ana Leite vivem em situação de risco. Elas serão inclusas em projeto de casas populares e relocadas para um local onde terão condições mais dignas de sobrevivência,” esclareceu a gestora, informando que as famílias serão beneficiadas já de imediato com o aluguel social.

Marilene dos Santos Silva, uma das beneficiárias ficou emocionada quando soube que iria receber uma casa nova. “Estou muito agradecida em saber que vou ter oportunidade de ter uma casa de alvenaria com água, com luz e com banheiro. A gente não tinha aqui nem água para beber e se estamos morando no momento dignamente, é porque a Prefeitura está pagando o nosso aluguel”, concordou a moradora.

Também participaram da ação a Secretária do Desenvolvimento Social, Helena Wanderley, o advogado da procuradoria do Município, Márcio Bizerra Wanderley e o Secretário de Serviços Públicos, Ranieri Ramalho.


Nayane Rodrigues

Quixaba é dos 11 municípios da regional Patos inscritos no Mais Médicos


Dos 90 municípios paraibanos que se inscreveram no programa federal Mais Médicos, que incentiva esse profissional a trabalhar na atenção básica, prioritariamente nas localidades mais distantes dos grandes centros onde há mais dificuldade de acesso à saúde pelos habitantes, onze são da regional Patos, onde  há disputa por médicos.

Cacimba de Areia, Catingueira, Malta, Olho D’Água, Quixaba, Santa Teresinha, Condado, Desterro, Junco, Teixeira e São José do Sabugi demonstraram interesse em receber médicos. Na Paraíba, para esse primeiro mês de inscrição a projeção é que seja necessária a contratação de novos 209 médicos para suprir a demanda em nosso Estado. No próximo dia 15 o Ministério da Saúde abrirá novas inscrições. Muitos médicos que fazem especialização estão pedindo desligamento para participar do programa. Nessa primeira leva são 1.270.

No Brasil 63% (3.511) municípios se inscreveram no Programa. No total eles solicitaram 15.460 médicos para atuarem na atenção básica.

Dos municípios da regional Patos, Quixaba, Teixeira, Catingueira, Desterro, e Teixeira são prioritários, demonstraram maior necessidade para receber os médicos.

PROGRAMA MAIS MÉDICOS - Lançado pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, no dia 8 de julho, o Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e as periferias das grandes cidades.

Os médicos do programa receberão bolsa federal de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, mais ajuda de custo, e farão especialização em Atenção Básica durante os três anos do programa.

O Governo Federal está investindo, até 2014, R$ 15 bilhões na expansão e na melhora da rede pública de saúde de todo o Brasil. Deste montante, R$ 7,4 bilhões já estão contratados para construção de 818 hospitais, 601 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e de 16 mil unidades básicas. Outros R$ 5,5 bilhões serão usados na construção, reforma e ampliação de unidades básicas e UPAs, além de R$ 2 bilhões para 14 hospitais universitários.

Somente na Paraíba, já foram investidos R$ 87,4 milhões para obras em 571 unidades de saúde e R$ 81,5 milhões para compra de equipamentos para 158 unidades. Também foram aplicados R$ 22,2 milhões para construção de 14 UPAs e R$ 41,3 milhões para reforma/construção de 16 hospitais.


sexta-feira, 26 de julho de 2013

Vigilantes ambientais e digitadores são capacitados em programa que agiliza análise das águas






Aconteceu ontem, quinta-feira 25, em Patos, uma capacitação destinada aos agentes ambientais e digitadores de sistemas dos municípios que compõem a 6ª Gerência Regional de Saúde. Com esse treinamento, a Secretaria de Estado da Saúde, através da Gerência Operacional de Vigilância Ambiental, fecha em 100% o trabalho com esses profissionais, tendo com alvo o GAL – Gerenciador de Ambiente Laboratorial, soft que agiliza o processo de análise das águas.

Com esse novo sistema, a análise das águas deixa de ser feito manualmente, o que demandava bastante tempo, descarte de amostras. Hoje cerca de cinco laboratórios na Paraíba estão aptos a realizar exames das amostras, que vão apontar a qualidade da água consumida pela população. No Estado, apenas de 10% a 15% dos municípios das regionais estavam realizando exames de suas águas, número preocupante, principalmente pelo momento de forte estiagem que castiga grande parte de nosso território.

O Estado, juntamente com o Ministério da Saúde, garante aos laboratórios o produto mais caro para a realização das análises, o Substrato Cromogênico Colilert, um reagente que detecta a presença de coliformes totais nas amostras. Os municípios ficaram na obrigação apenas de enviar essas amostras para laboratório, cuja única despesa será com os saquinhos para depositar a água a ser examinada. Mesmo assim, muitos não estão seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, que transfere recursos e vai cobrar sua aplicabilidade em prol da população.

Os agentes ambientais e digitadores receberam informações gerais através de Sérgio Roberto Lisboa, analista de sistema e que presta serviços ao LACEN – Laboratório Central de Saúde Pública. O consumo de águas impróprias pode acarretar desde diarréias à cólera, doença infectocontagiosa aguda do intestino delgado e que já provocou óbitos na Paraíba. Segundo Sergio Roberto, a SES vem demonstrando preocupação com a Copa do Mundo, que acontece em 2014 no Brasil e o nosso Estado agiliza justamente o monitoramento das águas para evitar que a cólera chegue à Paraíba. Técnicos de todas as gerências regionais já receberam treinamento para trabalhar com esse direcionamento.

Carro-pipa

Os carros-pipas são também alvo de preocupação da Vigilância Ambiental. Devido a seca que castiga a Paraíba e demais estados nordestinos, os veículos pegam água de diversas localidades para abastecer as comunidades. “É necessária uma análise minuciosa dessas águas para evitar que a população venha a adoecer e trazer mais gastos para o município e Estado. Esse é um tópico também abordado nessa capacitação, onde a gente trabalha a conscientização, lembrando o papel, a importância de cada um, desde o agente ao coordenador de Vigilância Ambiental”, explicou Roberto.

Todos os municípios detém tecnologia para agilizar o processo de análise das águas, que antes de serem encaminhadas têm as amostras catalogadas, geram um código de barra e alimenta o sistema do laboratório. Para saber o resultado dos exames basta o servidor acessar através da numeração, que identifica todas as informações da amostra, desde sua coleta, dia e hora, localidade, e a partir desses resultados o município define ações para um maior controle epidemiológico.



Marcos Eugênio  

Prefeita Francisca Motta homenageia Filarmônica 26 de Julho


Filarmônica chega aos seus 82 anos de vida. Foto:Marcos Eugênio
Nesta sexta-feira, a Filarmônica 26 de Julho, completa oitenta e dois anos de existência na cidade de Patos, a Prefeita Francisca Motta homenageou os músicos com ações que tem reafirmado o seu compromisso com a valorização e a qualificação profissional dos músicos que compõem a Filarmônica.

“Temos orgulho em dizer que a Filarmônica 26 de Julho representa muito bem a cidade de Patos em qualquer lugar que se apresente. Nesta data, enquanto gestora, parabenizo a Filarmônica, que compartilha e é testemunha do crescimento de Patos. Quando a mesma toca encanta a todos, quando se apresenta em outros Municípios representa muito bem a nossa cidade. Para nós é um orgulho aplaudir todos os dias o trabalho e a arte da Filarmônica 26 de Julho,” destacou a Prefeita.

Francisca Motta ressaltou ainda que desde o início de sua gestão, o Município vem implementando uma política contínua de valorização ao trabalho da Filarmônica. 
“Assim que assumimos tivemos a preocupação em melhorar a identidade visual da nossa Filarmônica, adquirindo três uniformes diferenciados, dois sociais e um de gala, porque nós entendemos que por representar a nossa cidade a mesma tem que se apresentar bonita, moderna, da maneira como toca e encanta,” completou a Prefeita.

Ainda segundo Francisca Motta, o objetivo da Prefeitura é oferecer oportunidades de aprimoramento profissional aos músicos da Filarmônica para que potencializem a ainda mais a qualidade musical da mesma.

“Também no primeiro semestre firmamos uma parceria importante com o Curso de Bacharelado em Música da UFCG, que implantará de forma pioneira um Curso de Extensão em Música aqui em Patos para os nossos músicos da Filarmônica 26 de Julho e Filarmônica 24 de Outubro. Uma forma de valorizar e oportunizar os músicos na troca experiências e conhecimentos, pois o que queremos é cuidar cada dia melhor deste bem cultural que há 82 anos faz parte da história da nossa cidade e do coração patoenses,” finalizou a Prefeita.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

SES aumenta vigilância sobre casos suspeitos de sarampo na Paraíba




A Secretaria de Estado da Saúde, através de sua Coordenação de Vigilância Epidemiológica, vem ampliando ações de notificação e controle do sarampo na Paraíba. Em cima dessa preocupação realiza uma série de encontros com todos os municípios. Hoje, quinta-feira 25, Patos foi sede de uma dessas reuniões, que buscam agilizar o trabalho de notificação dos casos suspeitos, com os participantes de vários municípios sendo orientados a ter mais atenção na notificação, inclusive de dengue, que possui sintomas perecidos com os do sarampo.

Na Paraíba foram notificados mais de 50 casos suspeitos de sarampo, quatro deles confirmados em laboratório. Foi feita a investigação, mas a origem deles ainda não foi detectada.

A coordenadora de Epidemiologia da 6ª Gerência Regional de Saúde, Marivalda Xavier, faz um alerta aos familiares dos jovens que viajaram à Jornada Mundial da Juventude, que acontece no Rio de Janeiro, para que prestem muita atenção no retorno deles, sendo vigilantes no caso de apresentarem algum sintoma da doença a fim de que ocorra o monitoramento por parte do setor de epidemiologia, que vai ter certeza se é ou não um caso de sarampo.

“É preciso que tenhamos um olhar bastante vigilante sobre essas pessoas que foram para a Jornada Mundial da Juventude, que estão em contato com o mundo. Todas elas que foram para o evento e trouxeram algum doença de ficar vigilantes aos sintomas e levar ao nosso conhecimento para que a gente possa monitorar e ter certeza que não é um caso de sarampo”, diz Marivalda, recomendando a todas as famílias que possuem filho na Jornada, para que tenham certo cuidado para que eles não venham a ter um caso suspeito de sarampo e os profissionais venham a confundir com a própria dengue, cuja sintomatologia é muito parecida.

Sintomas – Os sinais da doença são febre e manchas vermelhas pelo corpo, acompanhadas de tosse, coriza e/ou conjuntivite. A principal medida de controle do sarampo para cada caso suspeito notificado é o bloqueio vacinal, que deve ser desencadeado imediatamente (até 72 horas a partir do conhecimento do caso suspeito).


Em quatro anos o CRM interditou 118 unidades básicas de saúde na PB


Foto:uirauna.net 
Marcos Eugênio

Péssimas condições de funcionamento, faltam equipamentos, remédios e material de rotina, além da ausência de médicos. Essas são algumas irregularidades constatadas pelo CRM (Conselho Regional de Medicina), que chegou a interditar 118 unidades básicas de saúde, a maioria do interior do Estado, nos últimos quatro anos. O número é assustador e reflete justamente o sentimento de revolta da população, incansável ao reclamar mais compromisso com a saúde pública.

Só de janeiro a maio deste ano o CRM, com apoio do Ministério Público, interditou 21 unidades de saúde e 18 unidades básicas do PSF. As unidades básicas de saúde, segundo a assessoria do CRM, são o principal alvo do seu departamento de fiscalização. Nesse mesmo período foram realizadas 143 fiscalizações a UBSF e hospitais, apesar do CRM contar apenas com três médicos fiscais, que dividem essa tarefa com suas atividades profissionais no cuidar da saúde da população.

O Ministério da Saúde manda dinheiro aos municípios, mas muitos não aplicam corretamente ou até deixam de aplicar os recursos da maneira correta, na melhoria da qualidade de saúde. Além das transferências normais, o Governo Federal criou programas como Rede Cegonha, PMAQ, que visam fortalecer a rede da atenção básica, ou seja, mais dinheiro para que os municípios melhorem todos seus índices, seja de cobertura vacinal, redução de mortalidade infantil, dentre outros.



Município é contemplado com maquinário que favorecerá, principalmente, ao desenvolvimento agrário

Após conseguir, no mês de março de 2013, uma retroescavadeira junto ao Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), o município de Quixaba, através do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), estará recebendo, nesta sexta-feira, 26 de julho, um caminhão caçamba. A exemplo da retroescavadeira, o caminhão caçamba também foi doado pelo MDA.

Com esse caminhão caçamba – assim como com a retroescavadeira –, a ideia é favorecer melhoria de estradas vicinais de pequenos municípios da Paraíba. A ação, desenvolvida pelo MDA, é fundamental para a segurança do tráfego nos pequenos municípios, além de garantir o escoamento da produção dos empreendimentos da agricultura familiar.

“Será de enorme valia (este maquinário) para o município. Já temos a retroescavadeira e, com a chegada de mais uma máquina, o acesso às áreas mais complicadas, especialmente na zona rural, será facilitado, pois haverá consideráveis melhorias no tráfego e na segurança. Facilitará, também, o transporte de alimentos produzidos nas comunidades rurais.”, frisou o Prefeito Julio Cesar.

Para receber a caçamba, o município enviou dois motoristas, com CNH, para participarem de uma capacitação que aconteceu durante os dias 22 e 23 de julho, no Centro de Comercialização da Agricultura Familiar em João Pessoa.

Além da caçamba, no início do mês de agosto de 2013, o município estará recebendo, através do mesmo programa, uma máquina motoniveladora para ser utilizada com os mesmos propósitos da retroescavadeira e da caçamba.

Um total de 5.061 Municípios brasileiros receberão máquinas para obras e manutenção. Receberão os equipamentos parte das cidades do Semiárido e também as que integram a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e que decretaram situação de emergência devido à falta de chuvas.

O PAC foi criado em 2007 e visou promover a retomada do planejamento e execução de grandes obras de infraestrutura social, urbana, logística e energética do país, contribuindo para o seu desenvolvimento acelerado e sustentável. Em 2011, o Programa entrou em sua segunda fase, com o mesmo pensamento estratégico.


Eduardo Silva
Foto: Aldemir Candeia 

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Caravana do Coração chega a Patos e realiza 54 atendimentos








José Leudo e Paulo Coelho

Um atendimento diferenciado


Crianças passam por bateria de exames


O Banco de Leite Humano Vilani Kehrle da Maternidade Peregrino Filho, de Patos, foi o local escolhido para a Caravana do Coração se instalar na cidade e assim cumprir seu objetivo, de consultar e realizar exames em crianças de zero a 12 anos carentes e que apresentam cardiopatias, febre reumática, sopro, taquicardia, desmaio, cianose (coloração azulada da pele ou das mucosas). Nessa visita a equipe multiprofissional, com médicos, enfermeiras, assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos, arte terapeutas, técnicos de informática atendeu 54 crianças cadastradas pelos municípios da região, além de uma gestante de alto risco.

O projeto é desenvolvido pela ONG pernambucana Círculo do Coração, em parceria com o Governo da Paraíba. A clientela, enquanto aguarda ser atendida, participa de atividades recreativas, de música, pintura, brincadeiras, ganham presentinhos e muitos mimos da equipe, alterando o cenário comum de um hospital, tirando o estresse das crianças e dos pais. Trata-se de uma experiência trazida da Alemanha pela cardiologista pediátrica para o Real Hospital Português, de Recife, tornando o atendimento mais humanizado e com muita descontração para as crianças.

Peso, medida, avaliação do quadro clínico, diagnóstico, através de exames e tratamento, quando necessário. Com essa metodologia empregada pelo Círculo do Coração cerca de 30 mil crianças, desde a vida uterina, são acompanhadas na Paraíba, segundo Paulo Coelho Vieira, responsável por projetos da ONG pernambucana.

É uma grande contribuição para a saúde pública, tendo em vista os eixos trabalhados pela Caravana do Coração, a exemplo do tecnológico (vídeo-conferência e telemedicina), que permite que de qualquer parte do mundo, através da internet, o paciente possa ser avaliado, inclusive por vários médicos ao mesmo tempo. “Temos a democratização, o acesso dos pacientes ao médico, que mesmo distante se torna presente virtual através da telemedicina, resolvendo problemas que poderiam demandar remoção de pacientes. Isso é uma realidade no mundo inteiro”, enfatizou Coelho.

Outro eixo trabalhado é o de capacitação, com excelentes resultados já alcançados na Paraíba e cuja meta do Círculo é transferir essas qualificações dos centros João Pessoa e Campina Grande para o interior, mais necessitada. Por onde a caravana passa procura saber das demandas de cada localidade para definir que capacitações podem ser oferecidas.

O gerente da 6ª Regional de Saúde, José Leudo Farias, falou da previsão feita pela equipe, cerca de trinta pessoas, do Círculo do Coração, do futuro da mãe que vai ter seu bebê daqui a sete, oito meses, também, precocemente, traçando metas de tratamento mais avançados para as crianças de até doze anos de idade que estão sendo atendidas nesse momento. “Dessa demanda atendida hoje, em Patos, muitas mães já estão saindo com agenda para início de tratamento”, comentou. Esse agendamento será feito na sede da 6ª Gerência de Saúde.

Leudo explicou que a parceria do Governo do Estado com o Círculo do Coração, que completa dois anos em outubro próximo, com investimentos de mais de R$ 3 milhões, se deu pela percepção que a Paraíba teve da precariedade que existe na área de cardiologia para detectar precocemente problemas nas crianças, mesmo antes do nascimento, e assim prever o tratamento necessário no futuro.

A Caravana está percorrendo oito municípios do interior até o próximo dia 28. Começou por Cajazeiras, Sousa, Itaporanga, Patos e estará ainda em Monteiro, Esperança, Picuí e Guarabira. Além das crianças que apresentam doenças do coração, outro público alvo da equipe são as mulheres grávidas a partir da 28 semanas e que apresentam sintomas de diabetes clínica, cardiopatias, ultrassonografia com suspeita, ou que já tenha tido outro filho com cardiopatia ou má formação fetal.

A Maternidade Dr. Peregrino Filho é uma das três referências de uma rede de cardiologia pediátrica que possui doze maternidades, além do HU de João Pessoa.




Marcos Eugênio

Fim de recesso: Vereadores retomam trabalhos com expediente movimentado e compromisso de legislar pelo bem de Patos


Após o recesso regimental de 30 dias, os vereadores da Câmara Municipal de Patos realizaram ontem à noite, uma Sessão Ordinária movimentada. Foram apresentados nove requerimentos, cinco Projetos de Lei e uma Emenda à Lei Orgânica do município.

A vereadora Lucinha Peixoto (PC do B), solicitou da Mesa Diretora, um voto de pesar pelo falecimento da senhora Maria Luzia Oliveira de Medeiros. Também requereu dois votos de aplauso, um direcionado para a realização da IV Conferência Municipal do Meio Ambiente e o segundo para a I Conferência Regional de Promoção da Igualdade Racial.

A cobertura da quadra de esportes da Escola Aristides Hamad Timene e a elaboração de um projeto de urbanização para a Rua do Meio foram às solicitações da vereadora Cláudia Leitão (PR) para o Poder Executivo Municipal. A vereadora Isis Karla (PRTB), solicitou da Prefeitura a substituição das plantas da espécie algaroba por outra espécie que caracterize segurança para veículos e pedestres na Avenida Pedro Firmino.

O vereador Diogo Medeiros (PSB), apresentou requerimento solicitando do Coronel Enéas Cunha Rolim, reforço na segurança de Santa Gertrudes e a contemplação de uma viatura para o Distrito. Também solicitou da Mesa Diretora, um voto de aplauso para o Distrito de Santa Gertrudes em comemoração aos 53 anos de criação e a realização de uma Sessão Solene alusiva ao dia do Maçom. A Sessão será realizada dia 16 de agosto.

Ainda durante a Sessão Ordinária desta terça, o Poder Executivo encaminhou o Veto ao Projeto de Lei do vereador Sales Júnior (PRB), que dispõe do desconto ao motorista e taxista doador de sangue, do pagamento de taxas de inscrição e renovação da concessão do alvará, considerando-o inconstitucional, por ser contrário à Lei Orgânica do município e a Lei Complementar 101/2000, do Art. 163 da Constituição Federal, que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal.

Também foram apresentados os seguintes Projetos de Lei:

Poder Legislativo               

APPL 22/2013 - Denomina o Ginásio Poliesportivo de Santa Gertrudes, de Francisco Candeia Guedes. Vereadora Autora: Lucinha Peixoto.

APPL 23/2013 - Denomina de José Caetano Filho, o Ginásio de Esportes de Santa Gertrudes. Vereador Autor: Diogo Medeiros.

APPL 24/2013 - Concede Título Honorífico de Cidadão Patoense ao Delegado Derly Brasileiro. Vereadora Autora: Cláudia Leitão.

APPL 25/2013 - Concede Título Honorífico de Cidadão Patoense ao Delegado Graciano Danillo Borba Orengo. Vereadora Autora: Cláudia Leitão.

ELO 02/2013 - Emenda a Lei Orgânica do município de Patos, alterando-a quanto ao regime secreto das votações para eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Patos, os vetos do(a) Prefeito(a) e as deliberações das contas do Poder Executivo e da Presidência da Câmara Municipal, tornando-as abertas. Vereadores Autores: Fernando Jucá (PT), Diogo Medeiros(PSB), Sales Júnior(PRB), Antonio Nascimento(PV) e Inácio de Gelo(DEM).

Poder Executivo

APPE 22/2013 – Criação do Conselho e o Fundo Municipal de Integração de Juventude do município de Patos.

Durante a Sessão Ordinária, além do debate sobre os seus requerimentos e projetos, os vereadores também discutiram sobre as manifestações que vêm acontecendo no País, em prol de mudanças para a melhoria da qualidade de vida da população e afirmaram o compromisso em colaborar com a causa, no que tange aos trabalhos parlamentares.

A Presidenta da Câmara Municipal de Patos, a vereadora Nadigerlane Rodrigues(PMDB), ressaltou que o vereador tem por obrigação garantir o melhor para a sociedade, avaliando e votando nos Projetos que venham a favorecer a cidadania e o respeito aos direitos do povo.

ASCOM Câmara de Vereadores de Patos

Médicos com fronteiras

Foto: archief.mw.nl  

Inácio A. Torres


Gilberto Dimenstein ganhou os principais prêmios destinados a jornalistas e escritores. Integra uma incubadora de projetos de Harvard (Advanced Leadership Initiative). Desenvolve o Catraca Livre.


Médicos estão dizendo que a bolsa de R$ 10 mil e mais ajuda de custo para viver no interior é ruim, afinal não há garantias trabalhistas - FGTS e hora extra, por exemplo. É ruim mesmo?


Essa bolsa é oferecida para quem for aceito no programa do governo federal destinado a colocar mais médicos no interior do país.

Quantos professores universitários no topo da carreira ganham esse salário?


Não vou discutir aqui a consistência do programa Mais Médicos, que ajuda a estimular o debate sobre a gestão na saúde no Brasil. Nem se e como deveríamos chamar profissionais do exterior. Reclamar de uma
bolsa de R$ 10 mil é um absurdo.


Não só porque, em qualquer lugar do Brasil, esse valor já faria um cidadão (pelos padrões oficiais) ser classe A.
Mas porque viver como esse dinheiro numa pequena cidade do interior, onde os gastos são muito menores, é diferente do que estar num grande centro.

Sem contar que, além da bolsa, é oferecida ajuda de custo.

Nem de longe se compara a programas como Médicos Sem Fronteira, que levam profissionais a lugares muito piores na África, Ásia ou América Latina - e não pagam quase nada. A contrapartida, é a experiência pelo
mundo e satisfação de salvar vidas.


A reação a uma bolsa de R$ 10 mil me parece uma visão de "médicos com fronteiras".


Se os brasileiros não querem (é um direito não aceitar) então que chamem os estrangeiros.

Prefeitura entrega mais uma Unidade de Saúde em Patos

Comunidade prestigia inauguração da unidade de saúde

A Prefeitura de Patos inaugurou na noite desta terça-feira, 23, a Unidade de Saúde da Família (USF) Belmiro Guedes (construída), localizada no Alto Casteliano. A obra obedece às normas sanitárias estabelecidas pelo Ministério da Saúde e é dotada de equipamentos modernos para melhor atender às famílias da localidade.

A entrega da obra faz parte do programa de reestruturação e ampliação da atenção básica, que vem sendo executado pela prefeita Francisca Motta desde o início de sua gestão, no objetivo de atender as necessidades da população por meio de melhorias nas condições de atendimento à saúde. A prova disso tem sido também os números de consultas médicas e outros procedimentos realizados nas unidades básicas de saúde da cidade, que só no primeiro semestre de 2013 já somam mais de 300 mil. 

A secretária e Saúde Ilana Motta, disse que a nova unidade será de grande valia para melhorar as condições de atendimento aos usuários do SUS e proporcionará melhores condições de trabalho para as equipes.

Ilana ainda destacou outras melhorias que virão para ampliar ainda mais a atenção básica do município. “Em breve estaremos entregando também a Unidade de Saúde Carleuza Candeia, no bairro Santo Antônio  (construída), a reforma e ampliação do SAMU, e mais uma Academia de Saúde, desta vez no bairro Belo Horizonte. Além disso, conseguimos aprovar mais cinco construções e quatro reformas”, garante.

Já a prefeita Francisca Motta, destacou as melhorias já implantadas no município, a exemplo da reforma e ampliação da UBS Antônio Urquiza em Santa Gertrudes, da construção da UBS Pedro Firmino no bairro José Mariz, e agora da construção UBS Belmiro Guedes no Alto Casteliano.

“Nossa bandeira sempre foi a saúde, e agora nessa nova administração já conseguimos ver os resultados. No momento em que entregamos uma unidade de saúde como essa, não só a população, mas eu também me sinto presenteada. Estamos lutando para que todas as unidades de saúde do município cheguem ao patamar de funcionarem todas em sedes próprias, e estamos trabalhando para isso”, conta a prefeita.

Para a senhora Eliete Nóbrega, moradora do entorno da Unidade de Saúde Belmiro Guedes, a nova UBS vai melhorar ainda mais o serviços que já eram prestados às famílias da localidade, oferecendo mais qualidade de vida a todos.

Participaram da solenidade de entrega da UBS Belmiro Guedes, secretários municipais, autoridades convidadas e população. A abertura ficou por conta da Filarmônica 26 de Julho.

Coordecom

terça-feira, 23 de julho de 2013

Sebrae promove palestra para futuros empreendedores de Patos

Marcos Eugênio





Aconteceu na noite desta terça-feira 23 no auditório do Sebrae Patos uma palestra enfatizando o Programa Sebrae Próprio, tendo como facilitador Francisco Cesar. Futuros empreendedores de Patos participaram do encontro para conhecer um pouco do que será oferecido através dos módulos da capacitação que será aberta pelo Sebrae.

O programa de orientação ao candidato a empresário, importante ação do Sebrae no incentivo à formalização de novos negócios, trabalha os seguintes módulos: Portas abertas – despertando o empresário – coletando informações – conhecendo seu negócio – consultoria de viabilidade e abertura da empresa.

A palestra (Portas Abertas) desta terça faz parte do primeiro módulo, que dá uma visão geral do programa e do que será trabalhado com os futuros empresários. A partir do segundo módulo, muitos temas serão debatidos, estudados pelos participantes, como plano de negócios, mercado, abertura da empresa, dentre outros que darão conhecimentos suficientes para que os novos empreendedores enfrentem o mercado com segurança e confiança no sucesso de suas idéias.



Morre sanfoneiro Dominguinhos


O músico Dominguinhos morreu nesta terça-feira (23), aos 72 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele lutava havia seis anos contra um câncer de pulmão. De acordo com o hospital, o músico morreu às 18h em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas.
Ao longo do tratamento, ele desenvolveu insuficiência ventricular, arritmia cardíaca e diabetes. Dominguinhos foi transferido para a capital paulista em 13 de janeiro. Antes, esteve internado por um mês em um hospital no Recife. A filha do músico, Liv Moraes, confirmou nesta segunda-feira (22) que o cantor havia voltado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) porque o estado de saúde dele tinha piorado.
Considerado o sanfoneiro mais importante do país e herdeiro artístico de Luiz Gonzaga (1912-1989), José Domingos de Morais nasceu em Garanhuns, no agreste de Pernambuco. Conheceu Luiz Gonzaga com 8 anos. Aos 13 anos, morando no Rio, ganhou a primeira sanfona do Rei do Baião, que três anos mais tarde o consagrou como herdeiro artístico.
Instrumentista, cantor e compositor, Dominguinhos ganhou em 2002 o Grammy Latino com o “CD Chegando de Mansinho”. Ao longo da carreira, fez parcerias de sucesso com músicos como Gilberto Gil, Chico Buarque, Anastácia e Djavan.
Ainda criança, Dominguinhos tocava triângulo com seus irmãos no trio “Os três pinguins”. Quando ele tinha 8 anos, foi “descoberto” por Gonzagão ao participar de um show em Garanhuns. A “benção” lhe foi dada pelo rei do baião quanto tinha 16 anos.
“Gonzaga estava divulgando para a imprensa o disco 'Forró no Escuro' quando ele me apresentou como seu herdeiro artístico aos repórteres”, lembrou-se Dominguinhos em entrevista ao G1 no fim de 2012. “Foi uma surpresa muito grande, não esperava mesmo.”
De acordo com ele, o episódio aconteceu somente três anos depois de sua chegada ao Rio, acompanhado do pai, o também sanfoneiro Chicão. Mudaram-se para a cidade justamente para encontrar Luiz Gonzaga. “Em cinco minutos, ele me deu uma sanfona novinha, sem eu pedir nada”, prosseguiu. Naquele período, Dominguinhos saiu em turnê com o mestre para cumprir a função de segundo sanfoneiro e, eventualmente, de motorista.
Centenário de Gonzagão


No fim de 2012, Dominguinhos se dedicou ativamente às celebrações dos cem anos do nascimento de Luiz Gonzaga. Durante um show no dia centenário, 13 de dezembro, realizado na terra natal do músico, Exu (PE), Gilberto Gil comentou: “Dominguinhos teve a herança do Gonzaga, que ele incorporou, através das canções, dos estilos, o gosto pelo xote, xaxado”. 

Para Gil, no entanto, Dominguinhos soube trilhar um caminho próprio. “Dominguinhos foi além, em uma direção que Gonzaga não pôde, não teve tempo. Ele foi na direção do início de Gonzaga, o instrumentista, da época das boates do Mangue, no Rio de Janeiro, quando ele tocava tango, choro, polca, foxtrot, tocava tudo, repertório internacional, tudo na sanfona. ”
G1

Abri a porta
(Dominguinhos)

Abri a porta
Apareci
A mais bonita
Sorriu pra mim
Naquele instante
Me convenci
O bom da vida
Vai prosseguir
Vai prosseguir
Vai dar pra lá do céu azul
Onde eu não sei
Lá onde a lei
Seja o amor
E usufruir do bem, do bom e do melhor
Seja comum
Pra qualquer um
Seja quem for
Abri a porta
Apareci
Isso é a vida
É a vida, sim

Acidente envolve caminhão e Ranger próximo ao Gente Inocente, em Patos



Ranger conduzida pelo advogado Martiniano, de Campina Grande

Adicionar legenda

Marcos Eugênio

Aconteceu por volta das 9h da manhã desta terça-feira na BR 230, a cerca de 150 metros do Colégio EVO-Gente Inocente, em Patos, um grave acidente envolvendo o caminhão baú vermelho placa NQC 0272 de Queimadas-PB, da empresa JRCA Representação, carregado, conduzido pelo jovem André Alisson, 21 anos, e uma Ford Ranger XL S preta de placa MNP-1272, Campina Grande, que era conduzida pelo advogado de nome Martiniano Morais de Lima.

André Alisson explicou que seguia de Campina com destino a Cachoeira dos Índios para fazer entrega de mercadoria quando a Ranger saiu do acostamento e invadiu a pista. Ele começou a frear e foi para a contramão para evitar o choque, porém não conseguiu evitar o acidente, já que o condutor da Ranger continuou a fazer manobra da pista. “Caso eu não tivesse puxado o caminhão para a contramão acredito que o senhor da Ranger não estaria vivo neste momento”, desabafou.

O senhor Martiniano, 67 anos, que saiu ileso no acidente, após o choque entre os veículos, saiu pela porta do passageiro, enquanto vazava combustível de seu carro, com perigo de explosão. O Samu foi acionado e o levou ao Hospital Regional de Patos, onde ele está tranquilo, e deverá ser liberado em instantes. Ele informou que quando tentava cruzar a BR de repente viu um caminhão se aproximar e não havia dado tempo evitar a batida, ocorrida numa descida, local perigoso para tal manobra.

Bombeiros foram ao local lavar a pista que possui combustível e a PRF, para fazer levantamentos do ocorrido.


segunda-feira, 22 de julho de 2013

Prefeitura de Patos realiza limpeza do açude Jatobá



A Prefeitura Municipal de Patos, através da Secretaria de Serviços Públicos, está realizando trabalhos de limpeza do açude Jatobá, um dos principais mananciais de Patos.

O secretário de Serviços Públicos de Patos, Ranieri Ramalho, informou que estão sendo retiradas 180 toneladas de pó de pedra, por dia, do leito do açude, que, conforme o Secretário será aproveitado no serviço de terraplanagem. “Todo dia estamos retirando em torno de 30 caçambas do material e utilizamos para aterrar as ruas que ainda não são calçadas no município de Patos”, enfatizou.

O açude do Jatobá foi construído em 1952 e tem a capacidade de armazenamento de água de 17 milhões de metros cúbicos, mas de acordo com Ranieri Ramalho, com a retirada do material excedente, o reservatório vai duplicar esse volume. “A previsão da conclusão dos serviços é para fevereiro de 2014, onde serão retiradas 10 mil caçambas do pó de pedra, ou seja, cerca de 180 mil toneladas do material”.

O Secretário exemplificou a Rua Paulo Iscarão, localizada no bairro do Monte Castelo, onde foram colocadas 48 caçambas de aterro. Atento, José Caetano da Silva acompanhou os trabalhos. “Eu moro aqui há 24 anos e nunca vi um serviço tão bem feito, o material não faz poeira e aterra muito bem. Antigamente o carro descia, mas não subia, e agora ele passa direto”, confirmou.

Mais Serviço

Ranieri Ramalho disse ainda que durante os sete meses de gestão, a Prefeitura de Patos já recuperou mais de dez campos de peladas. “Já recuperamos o campo do matadouro, da Vila Mariana, das Placas, Sete Casas, Santa Clara, Comercial Campestre Clube. Além da recuperação dos campos de peladas, a Secretaria de Serviços Públicos está realizando a limpeza e a terraplanagem nas comunidades”, finalizou o secretário de Serviços Públicos de Patos.

Lusângela Azevedo

Arquivo do blog